Concorde da Air France faz última viagem em Paris

165

Foi inaugurado na França no dia 4 de novembro um monumento com o último dos aviões Concorde da Air France. Em outubro, a elegante aeronave taxiou pela última vez do hangar da Air France Industries para o local onde o supersônico ficará imortalizado. Será em uma plataforma de três mil metros quadrados, entre as cidades de Mauregard e Roissy-em-France, na estrada para o Aeroporto de Roissy-Charles de Gaulle.

A instalação conta com um projeto de iluminação concebido por Emmanuel Clair, da empresa Light Cibles. A plataforma foi construída de forma a dar a impressão de que o Concorde está levantando vôo. Para Jean-Cyrill Spinetta, Presidente e CEO da Air France, “a presença do nosso último Concorde em Paris-CDG será uma lembrança constante de 27 anos de operação supersônica”. Este aparelho decolou pela primeira vez de Toulouse, em 26 de dezembro de 1978, e foi entregue à Air France em 23 de outubro de 1980. Seu último vôo comercial foi em 11 de junho de 2000, depois de 12.421 horas de vôo e 4.199 aterrissagens.

Há outros três Concordes da Air France em exposição pelo mundo: no Museu Aeroespacial de Le Bourget, na França, no Technik Museum Speyer, em Sinsheim, Alemanha, e no Museu Nacional Aeroespacial do Instituto Smithsonian, de Washington, Estados Unidos. Um quarto Concorde será confiado à Airbus Industries para ser exibido em Toulouse-Blagnac, a partir de 2008, em um novo espaço chamado “Terre d’Envol”.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP