Embraer 175 é homologado pelo CTA

167

A Embraer anunciou hoje que o avião EMBRAER 175 recebeu o certificado de tipo do Centro Técnico Aeroespacial (CTA), autoridade brasileira responsável pela homologação de aeronaves.

Em breve, a Embraer também espera receber o certificado de tipo por parte da European Aviation Safety Agency (EASA), seguido de certificado pela agência Transport Canada Civil Aviation, no primeiro semestre de 2005.

O EMBRAER 175 é o segundo de uma família de quatro aviões a receber a certificação de tipo da autoridade brasileira. O EMBRAER 170, de 70 assentos, foi o primeiro em fevereiro de 2004, permitindo que as entregas do modelo começassem para clientes nos Estados Unidos e Europa, entre eles a U.S. Airways, Republic Airways Holdings, LOT Polish Airlines, Alitalia Express e, mais recentemente, a Cirrus Airlines.

O EMBRAER 175 é 1.78 metro mais longo que o EMBRAER 170 e foi certificado para transportar carga paga máxima de 9.890 quilos, o que é 890 quilos a mais que o EMBRAER 170. O avião acomoda 78 passageiros em configuração com 81 centímetros de distância entre fileiras de assento, e 86 passageiros em configuração com 79 centímetros de distância entre fileiras de assento.

“O EMBRAER 175 é uma solução ideal para empresas aéreas necessitando aumentar a capacidade de seus aviões com custos por assento muito reduzidos”, disse Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente de Engenharia e Desenvolvimento de Novos Produtos da Embraer. “O EMBRAER 175 cumpriu ou superou todos os requisitos de segurança e desempenho. Estamos satisfeitos por ter atingido um índice de 99.5% de comunalidade com o EMBRAER 170, em nível de peças substituíveis, superando a nossa meta de 95%.”

A certificação do EMBRAER 175 requereu a produção de 388 relatórios de certificação, comparado a 2.000 do EMBRAER 170. Cerca de 200 reuniões foram realizadas com representantes do CTA, além de outras seis reuniões com representantes da EASA, que tiveram o apoio da autoridade brasileira. Foram consumidas cerca de 450 horas de ensaios em vôo, divididas entre as duas aeronaves que participaram da campanha.

Neste momento, a Embraer trabalha junto à agência canadense para obter a certificação de tipo do EMBRAER 175 no Canadá. A certificação será baseada no certificado original emitido pelo CTA, e deverá estar concluída no primeiro semestre de 2005, em tempo adequado para as entregas ao cliente lançador Air Canada, programadas para ter início

em julho de 2005. Em novembro de 2004, o operador canadense fez 15 encomendas firmes de aviões EMBRAER 175.

A família EMBRAER 170/190 de E-Jets foi projetada para o mercado de 70 a 110 assentos e é constituída por uma nova geração de jatos comerciais de design avançado, desempenho excepcional, menores custos e cabine espaçosa.

As companhas de certificação do EMBRAER 190, de 100 assentos, e do EMBRAER 195, de 108 assentos, deverão ser concluídas no terceiro trimestre de 2005 e no segundo trimestre de 2006, respectivamente. Em 30 de setembro de 2004, a nova família de jatos da Embraer contava com 325 ordens firmes e 383 opções. Isto não inclui a encomenda firme de 15 aviões EMBRAER 175 pela Air Canada, a ser contabilizada após a revisão da carteira de pedidos da Embraer para o quarto trimestre.

FONTE: Aviação Brasil / Embraer – Assessoria de Imprensa – São José dos Campos/SP