Embraer tem novo Diretor de Marketing e Vendas para Aviação Executiva nos EUA, Canadá e México

177

Ernest Edwards foi anunciado hoje como Diretor de Marketing e Vendas para Aviação Executiva da Embraer nos Estados Unidos, Canadá, México e Caribe. Unindo-se à renomada equipe de vendas da Embraer, ele traz seu inestimável conhecimento do setor ao fabricante da bem-sucedida aeronave Legacy 600.

Anteriormente Presidente do Swift Aviation Group, o cliente-lançador do Legacy 600 em 2000, a vasta experiência em aviação de Edwards também contempla altos cargos na Cessna e Gulfstream. Ele ficará baseado em Fort Lauderdale, Flórida. Edwards disse: “Com a aceitação mundial do Legacy 600 e, agora, as ofertas para os segmentos very light e light, estou animado por tornar-me parte da equipe que possibilitará a continuada expansão da aviação executiva da Embraer.”

A Embraer fez uma série de anúncios relativos ao negócio da aviação executiva em 2005. Em março, Luís Carlos Affonso foi nomeado para chefiar esta unidade, com suas responsabilidades englobando as estratégias do negócio e de produtos, bem como marketing, vendas e apoio ao cliente.

Agora Vice-Presidente para o Mercado de Aviação Executiva da Embraer, Affonso disse o seguinte a respeito da chegada de Edwards: “Seu conhecimento e reputação trazem grande valor para a Embraer. Edwards colaborou para que o Legacy 600 atingisse, a partir do lançamento em 2000, uma fatia de mercado de 12% em sua categoria. Seu envolvimento com programa do Legacy 600 desde o primeiro dia, quando a Swift tornou-se clientelançadora do avião, além do histórico em vendas de aeronaves – das pequenas até as maiores – vão embasar nossa crescente penetração no mercado.”

Em maio último, a Embraer reafirmou seu comprometimento com o mercado de aviação executiva ao complementar a oferta do Legacy 600 com jatos para as categorias very light, entry e light.

Para alicerçar o aumento da oferta de aviões executivos, a Embraer atualmente desenvolve uma gama completa de soluções integradas de serviços, que incluem vendas diretamente da fábrica e financiamento de terceiros, treinamento de pilotos e ampla estrutura de apoio ao cliente.

“Nosso objetivo é ter uma extensa rede de suporte ao produto para impulsionar nossa renomada equipe de vendas e oferecer aos clientes as melhores aeronaves e os melhores serviços do mercado”, disse Affonso.

Na edição de 2005 da convenção da National Business Aviation Association (NBAA), a Embraer mostra mock-ups (modelos) em tamanho real dos jatos Phenom 100 e Phenom 300.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP