Excelência operacional da TAP é reconhecida

218

Após ter concluído com êxito o Processo de Auditoria IOSA (IATA Operational Safety Audit), a TAP Portugal foi registada na IATA – Associação Internacional do Transporte Aéreo na IOSA, no último dia 18.

Tendo o trabalho desenvolvido reconhecido, a TAP recebeu em Lisboa o diploma comemorativo da sua acreditação como Companhia Operadora IOSA, entregue pelo vice-presidente da IATA, Thomas Windmuller, ao vice-presidente executivo da Empresa, Manoel Torres.

A TAP passou a integrar o núcleo pioneiro de companhias aéreas registadas na IOSA – apenas 28 em todo o mundo – cumprindo, deste modo, um dos requisitos mínimos para a sua adesão à Star Alliance.

O registo IOSA significa um exemplar nível de excelência operacional no domínio da segurança, o que prestigia e orgulha a companhia portuguesa e todos os seus colaboradores. A sua atribuição resulta do desenvolvimento, pela IATA, de um conjunto de requisitos e recomendações baseados nas normas e melhores práticas operacionais no quadro da legislação aeronáutica vigente.

As companhias aéreas que, como a TAP, são filiadas na IATA, podem candidatar-se, numa base voluntária, à obtenção daquela certificação, devendo, para tanto, passar por um amplo processo de Auditoria à sua organização, que abrange a gestão e as áreas operacionais e atesta, no final, a capacidade da empresa para cumprir, com rigor, os processos e os padrões de qualidade exigidos pelo Programa IOSA.

FONTE: Aviação Brasil / TAP Air Portugal – Assessoria de Imprensa – Porto Alegre/RS