Continental Airlines (USA) | Portal Aviação Brasil
Empresas Aéreas

Continental Airlines (USA)

Continental Airlines (USA)

Continental n76156_2

A Continental teve em suas origens a passagem da Varney Speed Lines em 1926. Era uma empresa dedicada ao correio aéreo entre os Estados de Nevada e Washington. Em 1930 a Varney comprou a United Air Lines e expandiu os serviços para o Texas e Colorado, trocando o nome para Varney Air Transport . Em 1937 este nome seria modificado mais uma vez, agora para Continental Airlines, que em 1943 atendia Oklahoma, Texas, Novo Mexico e Kansas.

O Douglas C-47 Dakota foi usado nos anos 50 em hub, suportando as rotas atendidas pelas aeronaves Douglas DC-7. Em 10 de dezembro de 1953 a empresa assina acordo com a Pionner Airlines para atender 16 novas cidades do Texas e Novo Mexico. Em 1957 a empresa expandiu sua rota para Chicago e Los Angeles com esta aeronave. Em 1958 era a vez do Vickers Viscount 812 que a própria Continental alugou para a Força Aérea Americana para transporte de militares durante a Guerra do Vietnã.

Durante os anos 60 toda a frota foi substituída por aeronaves a jato, como o Boeing 707-124 no lugar dos Douglas DC-7 nas rotas trans-continentais. Nas rotas domésticas a empresa optou pelos jatos Douglas DC-9-30 e Boeing 737-100. Nos anos 70 o Boeing 727-200, tri-jato, para 158 passageiros também já fazia parte da frota. Em 26 de junho de 1970 voou o primeiro Boeing 747 nas cores da empresa e em 1 de junho de 72 o primeiro Douglas DC-10.

Em 1981 a Continental comprou a Texas International, que realizava vôos domésticos nos Estados Unidos, assumindo assim toda a frota de jatos Douglas DC-9-10. Ainda nos anos 80 a empresa modernizou sua frota com as chegadas dos McDonnell Douglas MD-80 e Boeings 737-300 e 400. Em 28 de abril de 85 inaugurou o primeiro serviço nonstop de Newark e Houston para Londres. Em 1 de fevereiro de 1987 adquiriu as empresas Frontier, People Express e New York Air.

Nos anos 90 a empresa utilizava os Boeing 747 e Douglas DC-10 para as rotas de longa distância, que no final da década, começaram a ser substituídos pelos Boeing 767-400ER. Para os vôos domésticos uma série de jatos Boeing 737-700 e 800, 757, 767 e 777 foram adquiridos em maio de 1993. Os Boeing 747 foram substituídos mais tarde pelos Boeing 777.

Em julho de 1997 inaugurou vôos para o Brasil (São Paulo e Rio de Janeiro) partindo de Newark com Douglas DC-10-30. Em março de 98 encomendou 15 Boeing 737-900. Em junho daquele ano chegou a Irlanda e um mês após a Escócia. Em outubro recebeu o primeiro Boeing 777, que foi atender a linha de Tokyo. Em novmbro encomendou mais 10 Boeing 767-200ER para atender a demanda da América Latina e Europa. Em 1998 assinou contrato de code-share com a VASP. Em 2 de março de 1999 retirou o último Boeing 737-200 e 747-200 de operação.

Em 30 de agosto de 2000 recebeu o primeiro Boeing 767-400ER e em 10 de novembro o primeiro Boeing 767-200ER. Naquele ano operava de São Paulo para Newark e Houston. Do Rio e de Belo Horizonte para Newark. Em 2001 recebeu o primeiro Boeing 737-900 e o primeiro Boeing 757-300. Substituiu o Douglas DC-10-30 pelo Boeing 767-400ER na rota de São Paulo. Em contra-partida a empresa deixou de operar em Belo Horizonte e na rota Rio – Newark.

Em 21 de janeiro de 2003 anunciou aliança com a Northwest e a Delta Airlines. Em 2004 abriu outras rotas para a Escócia, Irlanda e México e anunciou a retirada dos McDonnell Douglas MD-80. Em 30 de dezembro de 2004 a Continental anunciou a encomenda de 10 jatos Boeing 787-8. Em 4 de agosto de 2005 comprou 12 jatos Boeing 737-900ER. Em dezembro de 2006 a Continental converteu 12 pedidos existentes de aviões Next-Generation 737 para aviões 737-900ER.

A Boeing e a Continental Airlines anunciaram em 12 de março de 2007 o pedido de cinco 787-9s Dreamliner. Este pedido, associado ao anterior feito pela matriz da companhia aérea, trouxe à Continental um total de 25 aeronaves 787. A companhia ainda tinha contrato para converter antecipadamente 12 dos 787-8s no modelo maior, 787-9.

Em junho de 2008 anunciou um acordo com a Gol Transportes Aéreos pelo qual passageiros que viajam pela empresa norte-americana poderiam comprar bilhetes para todas as rotas servidas pela GOL no Brasil e na América do Sul. A parceria englobava todas as rotas de ambas as empresas, mas apenas a Continental venderia passagens com trechos da GOL. Naquele ano eram 14 voos semanais partindo de São Paulo (Houston e Newark) e 7 voos partindo do Rio de Janeiro (Houston).

Em 3 de maio de 2010 anunciou a fusão com a United Airlines.

Frota atual: 32 Boeing 737-500 , 35 Boeing 737-700 + 15 encomendados , 117 Boeing 737-800 , 12 Boeing 737-900 , 31 Boeing 737-900ER, 41 Boeing 757-200 , 21 Boeing 757-300 , 10 Boeing 767-200ER , 16 Boeing 767-400ER , 20 Boeing 777-200ER , 10 Boeing 787-8 encomendados , 05 Boeing 787-9 encomendados

 

Empresas Aéreas

More in Empresas Aéreas

THY Turkish Airlines (Turquia)

Aviação Brasil (Redação)13 de janeiro de 2017

Latam Airlines Brasil (Brasil)

Aviação Brasil (Redação)8 de janeiro de 2017

Gol Transportes Aéreos (Brasil)

Aviação Brasil (Redação)7 de janeiro de 2017

US Airways (USA)

Aviação Brasil (Redação)29 de dezembro de 2016

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806