Swissair (Suíça) | Portal Aviação Brasil
Internacionais Desativadas

Swissair (Suíça)

Swissair (Suíça)

Empresa: Swissair (Suíça)

Descrição: A Swissair surgiu da fusão das empresas Ad Astra Aero e Balair em 26 de março de 1931. No dia 10 de março de 1947 a Swissair realizou um vôo entre Genebra e Buenos Aires com escalas em Casablanca, Dakar, Natal, Rio de Janeiro e Montevideo com um Douglas DC-4. Em 9 de dezembro de 1950 o vôo realizado foi entre Zurich – Casablanca, Dakar, Recife e Rio de Janeiro. Porém, o primeiro vôo regular aconteceu na linha Zurich – Genebra – Lisboa – Dakar – Recife – Rio de Janeiro – São Paulo (Congonhas) com um Douglas DC-6.

No dia 7 de abril de 1957 a linha regular para a América do Sul foi extendida de Congonhas para Montevideo e Buenos Aires e logo após, em 26 de agosto, alongada para Santiago do Chile.

E, 1974 Realizava o vôo Zurich – Geneva – Dakar – Rio de Janeiro – Viracopos – Buenos Aires duas vezes por semana e Zurich – Geneva – Dakar – Rio de Janeiro – Viracopos – Santiago de Chile uma vez por semana, ambos com DC-8. Em 4 de novembro de 1974 a empresa passou a utilizar o Douglas DC-10-30

Em 1986 a Swissair operava três vôos para o Brasil na rota Zurich – Rio – Campinas – Buenos Aires, com um Douglas DC-10-30. Sua frota estava composta por 5 Airbus A310-200, 4 Airbus A310-300, 4 Boeing 747-300, 5 Douglas DC-9-32, 7 Douglas DC-9-51, 16 Douglas DC-9-81, 7 DC-10-30 e 4 DC-10-30ER. Havia encomendas na época de 5 DC-9, 1 Boeing 747-300 e 8 Fokker 100. No ano seguinte encomendou 4 McDonnell Douglas MD-81 e 6 MD-11.

De janeiro a março do ano de 1989, alta temporada, a Swissair operou no Brasil com o Boeing 747-300. Seus DC-9-32 e 51 foram retirados de operação e a Swissair reforçou a frota com outros 6 MD-81, totalizando 22 unidades.

No dia 20 de agosto de 1991 a Swissair efetuou a troca de aeronaves nas rotas sul-americanas retirando o DC-10-30 substituindo-o pelo MD-11. Neste ano sua frota era composta por 5 Airbus A310-200, 4 Airbus A310-300, 2 Boeing 747-300, 3 Boeing 747-300 Combi, 4 DC-10-30, 4 DC-10-30ER, 8 McDonnell Douglas MD-11, 24 MD-81 e 8 Fokker 100. Houve também uma encomenda de 7 Airbus A320 e 19 Airbus A321 para entregas a partir de 1995.

Em 31 de outubro de 1993 a Swissair passou a operar Zurich – São Paulo – Buenos Aires uma vez por semana e Zurich – Rio – Buenos Aires, duas vezes por semana. Pouco tempo depois, em 1º de julho de 1994, a Swissair cancelou a escala que realizava no Aeroporto do Galeão e transferiu definitivamente seus vôos do Brasil para São Paulo.

Em janeiro de 1996 a Swissair voltou a incluir o Rio de Janeiro em seu mapa de rotas, num vôo para Zurich, via São Paulo. Neste ano sua frota estava composta por 8 Airbus A310-300, 3 Airbus A319, 12 Airbus A320, 6 Airbus A321, 2 Boeing 747-300, 3 Boeing 747-300 Combi, 1 Fokker 100, 13 MD-11 e 11 MD-81.

A Swissair realizou encomenda em 1998 para 10 Airbus A330-200, 9 Airbus A340-600 e 5 MD-11. No ano de 1999 estava operando oito vôos semanais entre o Brasil e a Suíça.

No ano 2000 sua frota estava composta por 9 Airbus A319, 20 Airbus A320, 12 Airbus A321, 13 Airbus A330-200 e 19 MD-11. A empresa deixara de operar com os Airbus A310, com o Boeing 747 e com os MD-81.

Depois de 71 anos de operações a Swissair deixou de existir em 31 de março de 2002, quando transformou-se em Swiss International Airlines, motivado pela sua fusão com a regional Crossair.

Website:

Fundação: 26/03/1931 – 31/03/2002

Controle:

Participação:

Alimentadora:

Codeshare:

Frota atual:

Palavra-chave: Swissair

Cidades:

Ano fiscal:

Reservas:

Internacionais Desativadas

More in Internacionais Desativadas

US Airways (USA)

Aviação Brasil (Redação)29 de dezembro de 2016

Lamia (Bolívia)

Aviação Brasil (Redação)29 de novembro de 2016

Alas Uruguay (Uruguai)

Aviação Brasil (Redação)26 de novembro de 2016

BQB Lineas Aéreas (Uruguai)

Alexandre Barros26 de novembro de 2016

Copyright © 2016 Aviação Brasil - AB Portais e Serviços em Tecnologia da Informação - (11) 2594-9806