Air Canada anuncia vôo non-stop entre Montreal e Genebra

149

O mesmo avião continuará o serviço de/para Toronto. Por meio de um acordo de codeshare, a transportadora parceira da Air Canada na Star Alliance, a Swiss International Air Lines, oferecerá assentos na nova rota, cujos bilhetes já estão disponíveis para a venda.

“A introdução do único serviço non-stop entre Montreal e a cidade irmã de Genebra, é uma ótima novidade para os passageiros que viajam a negócios, incluindo organizações internacionais, assim como a lazer”, disse Daniel Shurz, Vice-Presidente de Planejamento de Malha da Air Canada. “O novo vôo non-stop da Air Canada para Genebra, oferecido em cooperação com a nossa parceira na Star Alliance, a Swiss, permitirá que os clientes tenham ainda mais possibilidades de escolha das viagens internacionais por meio de nosso hub em Montreal”.

A Air Canada atenderá o novo vôo direto entre Montreal e Genebra com o Boeing 767-300 ER de 211 assentos, oferecendo opções nas classes Econômica e Executive First, equipada com 24 poltronas que viram camas. Para maiores detalhes e um tour virtual pela nova cabine da Air Canada, incluindo assentos individuais e opções de entretenimento, visite a página http://www.aircanada.com/en/travelinfo/onboard/cabincomfort.html.

Com o novo serviço para Genebra, a Air Canada expande suas rotas transatlânticas e complementa seus vôos non-stop entre Toronto e Zurique, operados em codeshare com a Swiss, e os vôos Montreal-Zurique oferecidos pela Air Canada também em acordo de codeshare com a Swiss. O novo vôo Montreal-Genebra vai permitir fácil acesso a destinos populares na França, atendidos por trens nas proximidades de Lyon, Annecy, Dijon e Grenoble.

Os horários dos vôos da nova rota de Genebra foram agendados de forma a garantir conexões convenientes com a extensiva rede da Air Canada na América do Norte. Através do hub da companhia em Montreal há vôos de/para os seguintes destinos: Toronto (mesmo avião), Ottawa, Quebec City, Halifax, Calgary, Edmont, Vancouver, São Francisco, Los Angeles, Chicago, Boston e Nova York. Em Genebra as conexões estão disponíveis de/para um grande número de destinos, incluindo Beirute, assim como rotas alternativas para Barcelona e Zurique operadas pela Swiss. A operação do novo vôo está sujeita à aprovação governamental.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP