Air France amplia a oferta no Rio e em São Paulo

123

Visando aprimorar cada vez mais a oferta de vôos e serviços aos seus clientes, a Air France continua a investir no Brasil, um dos países que mais cresce na companhia, com uma taxa anual média de 30%. Com sete novos vôos por semana do Rio para Paris, complementado os sete semanais já existentes, e com aeronaves maiores nos 14 vôos por semana na rota São Paulo – Paris, a Air France reforça sua posição de líder no transporte aéreo entre o Brasil e a Europa.

Rio – Paris – Rio: 50% a mais de oferta

“Sempre investimos na Cidade Maravilhosa, tanto que nunca deixamos de oferecer vôos diretos do Rio para Paris, sem passar por São Paulo. Outras companhias ou relegaram o Rio a mera escala ou simplesmente pararam de voar para a cidade. Nosso objetivo é oferecer produtos e serviços totalmente voltados às necessidades de nossos clientes, com preços competitivos aliados à melhor oferta de vôos”, declarou Isabelle Birem, diretora geral do Grupo AIR FRANCE KLM no Brasil.

Inicialmente anunciados em março como sendo seis novos vôos por semana na rota Rio-Paris-Rio, a forte demanda fez com que a Air France no Brasil conseguisse o sétimo vôo semanal. A aeronave utilizada será o Airbus 330-200, cuja configuração conta com 40 assentos na L’Espace Affaires (Executiva) e 179 na Tempo (Econômica), todos já reconfigurados de acordo com o conforto e a sofisticação dos Novos Espaços de Viagem, conceito no qual a Air France investiu 300 milhões de euros nos últimos cinco anos.

O Rio já é servido diariamente, em vôo direto para Paris, com o maior avião comercial em operação no mundo, o Boeing 747-400, de 433 assentos, que primeiro recebeu na América Latina o novo conceito dos NEV – ele sai às 18h50 do Brasil (AF443) e, na volta, às 23h15 da França (AF442). Com os sete novos vôos com Airbus 330-200, que sairão às 21h05 do Brasil (AF447) e, na volta, às 10h15 da França, a oferta de assentos por semana, somente no trecho Rio-Paris, passa para 4.564, um aumento de 50%.

São Paulo – Paris – São Paulo: 17% a mais de oferta

No ano fiscal 2006-2007, que se encerrou em março, a Air France aumentou de 10 para 14 o número de vôos semanais entre São Paulo e Paris. Já utilizando todas as freqüências a que tem direito segundo acordos entre os dois países, a companhia passa a utilizar aeronaves maiores nesta rota para poder oferecer a seus clientes 17% a mais de assentos. “Como não temos permissão de operar mais rotas, mas temos demanda, procuramos trazer aviões com maior capacidade, buscando atender nossos clientes da melhor forma possível”, declarou Birem.

Assim, o vôo diário que era feito com Boeing 777-200, de 264 assentos, passará a ser feito com o Boeing 777-300, de 310 lugares (oito na Primeira, 67 na Executiva e 235 na Econômica), saindo às 18h35 do Brasil (AF455) e, na volta, saindo da França às 23h15 (AF454). Nesta aeronave, a exclusiva Primeira Classe da Air France, a L’Espace Première, oferece o melhor do conforto, requinte e sofisticação de acordo com o conceito NEV, como a poltrona que, quando aberta, se transforma em uma cama de dois metros de largura, com colchão, lençóis e estrutura externa em forma de concha, que confere maior privacidade ao passageiro.

O segundo vôo diário, que era feito somente com Airbus 330-200, vai ser feito às terças, quartas, quintas e sextas com Airbus 340-300, de 272 lugares (36 na Executiva e 236 na Econômica), e às segundas, sábados e domingos com Airbus 330-200 de 219 assentos (40 na Executiva e 179 na Econômica) que fazia esta freqüência diariamente. Com qualquer uma das aeronaves, a saída de São Paulo acontece às 21h25 (AF459), sendo a saída de Paris, na volta, às 10h15 (AF456).

Além disso, outra facilidade anunciada para os passageiros de São Paulo é o check-in conjunto para Air France e KLM no Aeroporto de Cumbica. As duas companhias se fundiram em 2004 e formaram o GRUPO AIR FRANCE KLM. O Brasil foi o mercado-teste da fusão e, por isso, é o primeiro lugar do mundo onde o passageiro pode se registrar em qualquer uma das 12 posições de check-in de uma ou de outra companhia, seja para os dois vôos diários da Air France, seja para o vôo diário da KLM. Com isso, o tempo de espera e o tamanho da fila são sempre menores.

Novo terminal em Paris facilita conexões de brasileiros

Recentemente, o novo satélite de embarque S3 do terminal 2E, de uso exclusivo da Air France, foi inaugurado. Com capacidade de receber 8,5 milhões de passageiros por ano, vai ser a porta de entrada também para os brasileiros que embarcarem nos 28 vôos semanais da Air France do Brasil para Paris e, de lá, para mais de 200 destinos na Europa, Ásia, Oriente Médio e África. A maior sala vip da Air France, com 2.600 m2, foi construída neste terminal e abriga até 700 pessoas.

A porcentagem de vôos de longa distância da Air France estacionados nas portas de embarque (não em posições remotas) vai imediatamente atingir 73% do total. Seis das 11 posições já estão adaptadas para receber o Airbus 380, que fará seu debut europeu com as cores da Air France, em 2009. Com áreas especialmente dedicadas para conexões, conta também com um hall batizado de “La Galerie Parisienne”, com 3.200 m2 de lojas e 1.400 m2 de bares e restaurantes, com excepcional vista das pistas do aeroporto.

Quando o satélite estiver totalmente operacional, no final de 2007, ele estará equipado com 26 portas de embarque. Desde julho, oito portas de embarque para vôos de longa distância estão funcionando no lado leste, onde cerca de 30 vôos são recebidos por dia. Entre outubro e dezembro, mais oito portas de embarque para vôos de média distância e três de longa distância estarão disponíveis no lado oeste.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP