Air France aprimora sua lista de vinhos

225

Nos próximos meses, os passageiros da L’Espace Première e da L´Espace Affaires poderão desfrutar dos melhores rótulos de vinhos tintos. Na L´Espace Première, os vinhos escolhidos foram conceituados vintages e chateaux, como o Pauillac Château Pichon-Longueville Baron 2002 2e Grand Cru Classé. Os vinhos servidos na L´Espace Affaires serão os famosos chateaux e os excepcionais crus bourgeois como o Médoc Chateau Rollan 2004 Jean Guyon.

Como está inserida no conceito do estilo de vida da França, a Air France pretende reforçar sua posição de embaixadora itinerante da comida e dos vinhos franceses. Sua vontade é oferecer um serviço de altíssima qualidade baseado na longa tradição francesa do comer bem, com elegância e discrição. A Air France, por exemplo, é a única a oferecer champanhe em todas as classes nos vôos internacionais de longa duração.

A bordo de suas aeronaves, a Air France oferece a seus clientes um prazeroso e relaxante intervalo entre as refeições e durante o vôo. Luxo e elegância em todas as refeições, tradições gastronômicas e novos sabores, especialidades regionais da França assim como pratos de todo o mundo; excelência é a senha para o catering de bordo da Air France.

Desde 2005, Olivier Poussier, que em 2000 foi eleito o Melhor Sommelier do Mundo, é o encarregado da seleção de vinhos e champanhes servidos a bordo de todos os vôos da Air France. Na companhia, Olivier Poussier optou por combinar qualidade e diversidade. Juntamente com a seleção de vinhos e champanhes, encontraram-se tanto clássicos quanto rótulos em crescimento. Alguns são escolhas arrojadas, mas alinhadas com a qualidade, permitindo que os passageiros descubram a riqueza e a variedade das diferentes regiões francesas.

Para elaborar sua lista de vinhos, Olivier Poussier avaliou e analisou, em teste cego, mais de 650 vinhos de diversas regiões viticultoras da França, escolhendo 77 rótulos: 37 para a L´Espace Première e 28 para a L´Espace Affaires. Ao lado do óbvio critério de qualidade, a disponibilidade e o ambiente específico de uma cabine de aeronave também foram levados em conta.

O objetivo da política de vinhos da Air France é garantir a seus consumidores altos padrões de qualidade em todos os seus rótulos, tanto em seus vôos quanto em suas salas VIP. A companhia aérea se compromete com seus parceiros produtores por três ou quatro anos. Além disso, a Air France também investiu em um Centro de Assistência ao Trabalho, de acordo com seu compromisso como uma corporação responsável.

Uma vez que todos esses fatores foram levados em consideração, Olivier Poussier escolheu vinhos de sabores homogêneos e complexos, que podem ser apreciados sem a necessidade de decantação. Isto, obviamente, favoreceu vintages recentes. Esses vinhos se adaptam e compensam o ar seco e a pressão da cabine, fatores que podem diminuir a percepção de sabor das pessoas.

Além da seleção dos vinhos, Olivier Poussier acredita compartilhar sua paixão com a tripulação. Quando ela serve o vinho, agrega refinamento e elegância à qualidade da bebida servida. O modo como a garrafa é apresentada e aberta reflete a perícia requerida para assegurar que os clientes apreciem o momento.

O último, mas não menos importante detalhe que faz do serviço de bordo um verdadeiro interlúdio entre o prazer e o relaxamento, depende do atendimento que, de acordo com a Air France, deve ser atencioso e eficiente, conduzido por um membro da tripulação cortês e altamente profissional. Os atendentes de vôo da companhia são treinados na escola de serviço de bordo da Air France, que permite que eles desenvolvam gestos e atitudes necessárias para um serviço de altíssima qualidade.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP