Air France disponibiliza calculadora de emissões de CO2 em seu site

424

Já está disponível nos sites da Air France em todo o mundo, inclusive no Brasil, uma calculadora de emissões de CO2. Com as informações de origem e destino do vôo, optando por somente ida ou ida e volta, o passageiro já pode calcular quanto a aeronave da Air France utilizada naquele vôo emite de CO2. Em algumas semanas, a companhia vai anunciar aos seus clientes a possibilidade de anular essas emissões por meio de uma ação com uma ONG.

Ao contrário de outras calculadoras com esta função, cujos resultados são baseados em teorias e informações difusas, o serviço oferecido gratuitamente pela Air France aos seus passageiros utiliza dados médios atuais da operação da companhia, obtidos das planilhas referentes a cada vôo e rota. Estes números incluem: distância voada, tipo de aeronave, consumo de combustível na rota, número de passageiros e peso da carga.

Os resultados são expressos em quilos de CO2 gerados por passageiro em uma rota, litros de combustível consumidos por passageiro a cada 100 km e gramas de CO2 por passageiro a cada quilômetro. Emissões de CO2 são diretamente proporcionais à quantidade de combustível consumido (3,15 toneladas de CO2 são produzidas pela combustão de uma tonelada de querosene, o combustível das aeronaves).

Por exemplo, em uma viagem São Paulo – Paris – São Paulo, uma pessoa é responsável por 1730 kg de CO2 emitidos, ou 88,1 g de CO2 por passageiro/quilômetro, e um consumo de 3,5 litros de combustível por passageiro/quilômetro. Já em uma viagem Rio – Paris – Rio, ela é responsável por 1632 kg de CO2 emitidos, ou 85,3 g de CO2 por passageiro/quilômetro, e um consumo de 3,5 litros de combustível por passageiro/quilômetro.

A calculadora, disponível no site www.airfrance.com.br (na página inicial, clicar em Sua Viagem e, sem seguida, em CO2 Calculator), vem atender uma forte demanda por transparência dos clientes da companhia, que desejam calcular as emissões de CO2 geradas por seus vôos. No site, mais detalhes sobre o serviço, sobre emissões de CO2 e desenvolvimento sustentável também estão disponíveis.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade