Air France é a melhor européia em desempenho de bagagens

107

A Air France vem melhorando significativamente nos últimos anos seu desempenho de pontualidade e de bagagens, visando a satisfação de seus passageiros. Isso pôde ser comprovado esta semana, quando a companhia divulgou resultados referentes a esses índices no ano fiscal 2004-2005 (período de 1º de abril de 2004 a 31 de março de 2005). Houve melhora mesmo com o impacto de alguns incidentes, como o fechamento do Terminal 2E, que prejudicou os vôos de longa distância.

Bagagens

Nos últimos 3 anos, a Air France melhorou seu desempenho de bagagens e está hoje em primeiro lugar entre as principais companhias aéreas européias. Um esforço consciente de melhoria dos serviços de bagagens para seus passageiros foi traduzido em investimentos em infra-estrutura, em processos e em novas ferramentas. No ano fiscal 2004-2005, em todo o mundo, foram registrados apenas 13,9 incidentes por mil passageiros embarcados pela Air France no mundo, melhoria de 3 pontos percentuais em comparação ao ano anterior.

Em maio de 2005, foram registrados 12,4 incidentes por mil passageiros embarcados em toda a rede. Pelo nono mês consecutivo, a Air France teve o melhor desempenho neste quesito entre as principais companhias européias.

Pontualidade

No cômputo global, 83,1% dos vôos da Air France partiram no horário, enquanto 82,2% chegaram pontualmente a seus destinos no ano fiscal 2004/2005. O aumento foi de 2 e 3 pontos percentuais, respectivamente, em comparação ao ano fiscal 2003/2004. O atraso médio foi de apenas 13 minutos, mesmo índice do ano anterior, porém, 1 minuto a menos que 2002-2003 e 5 minutos a menos que 2001-2002.

No mês de maio de 2005, a pontualidade dos vôos da Air France foi de 86,5% na partida e 85,9% na chegada, índices melhores do que os do mês anterior.

Ocupação

No ano fiscal 2004-2005, a ocupação média dos dois vôos diários e diretos da Air France entre o Brasil e a Europa foi de 87% – aumento de 4 pontos percentuais em relação ao ano fiscal 2003-2004.

No mês de maio de 2005, a ocupação na rota São Paulo/Paris/São Paulo, operada com Boeing 777, foi de 82,6% – aumento de 0,6 ponto percentual em relação a maio de 2004. Na rota Rio/Paris/Rio, operada com Boeing 747, a ocupação em maio de 2005 foi de 75,7% – em maio de 2004, a aeronave utilizada nessa rota era o Airbus 340, bem menor que o Boeing 747, o que justifica a ocupação maior naquele período, que foi de 82,5%.

FONTE: Aviação Brasil / Air France – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade