Amadeus amplia vantagem no mercado latino-americano

144

A Amadeus, líder mundial em tecnologia para o mercado de viagens e turismo, manteve a tendência de crescimento na América Latina no segundo trimestre de 2005. Sua participação aumentou em relação ao mesmo trimestre do ano anterior em mercados relevantes como Brasil (+2,05%), Chile (+7,41%), Colômbia (+5,59%), Equador (+4,39%), Argentina (+2,18%), Antilhas Holandesas (+12,96%) e Jamaica (+7,41%). Na média, a companhia aumentou em 2% sua participação de mercado na América Latina, ampliando sua liderança tanto na América Central quanto na América do Sul.

“Os resultados do período são um fiel reflexo de nosso compromisso com a região e da confiança que nossos clientes depositam em nossas soluções. A satisfação deles é o ponto central de nossa estratégia na América Latina, onde investimos recursos para assegurar o êxito dos negócios. O recente acordo firmado com a Gol Linhas Aéreas Inteligentes, primeira companhia aérea brasileira regular a operar no conceito low cost, ow fare, é prova de que estamos adaptando nossos produtos às necessidades dos países”, diz o diretor-presidente da Amadeus Brasil, Marcos Torres.

Outro avanço conseguido no Brasil foi a conclusão da integração do Amadeus Hotéis com o sistema CMNet, o que adicionou novos estabelecimentos hoteleiros ao sistema Amadeus. O acordo oferece aos agentes de viagens a possibilidade de ter acesso a reservas on-line, com tarifas em reais, para hotéis no Brasil, de unidades de grandes redes como Atlantica Hotels, Blue Tree, Meliá, Pestana, Bourbon e Othon, até pequenos estabelecimentos e hotéis de charme.

Exemplos do foco da Amadeus nas singularidades de cada mercado não param de surgir também em outros países. A colombiana TACA (Transportes Aéreos do Continente Americano) converteu-se na 150ª companhia aérea a utilizar o Amadeus como sistema próprio de reservas. Já a venezuelana Conviasa firmou acordo tecnológico com a Amadeus no qual amplia seu alcance comercial a cerca de 75 mil agências no mundo – o Amadeus tornou-se o primeiro sistema global de reservas a distribuir sua oferta.

“O crescimento e as conquistas da Amadeus na América Latina são conseqüência de nossa vocação de continuar sendo a parceira que o setor de viagens e turismo precisa para crescer e superar os obstáculos de uma indústria em constante evolução”, conclui o diretor-executivo da Amadeus para a América Latina, Ángel Gallego.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade