Azul investe em conforto para se diferenciar

137

Os vôos da Azul são feitos sempre a bordo dos modernos E-jets da empresa, os jatos Embraer 190 ou 195 com capacidade para 106 e 118 passageiros respectivamente. Todos equipados com bancos de couro ecológico em fileiras com 4 assentos, dispostos dois a dois, sem as incômodas poltronas do meio, como só encontramos hoje na classe executiva das companhias aéreas. O espaço entre as poltronas também é maior em todas as fileiras: são 79 centímetros, o que permite esticar as pernas, e não há barras de fixação intermediárias, tornando mais fácil guardar bagagens no assoalho ou simplesmente aproveitar o espaço com maior comodidade.

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras começou a operar no último dia 15 de dezembro e já oferece vôos entre cinco cidades. Diariamente liga Campinas a Salvador, Campinas-Porto Alegre, Campinas-Vitória e Campinas-Curitiba, permitindo também ligações entre estas cidades, com escala em Campinas, a preços promocionais. As tarifas têm preços bastante competitivos nas compras com 21 dias de antecedência. Quem mora em São Paulo pode utilizar os ônibus que ligam o Shopping Villa-Lobos ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas, com nove saídas diárias.

Além de Salvador, Vitória, Curitiba e Porto Alegre, em breve a Azul vai servir outras cidades a partir de Campinas. Atualmente, a frota da empresa é de cinco aeronaves, mas a partir de 2009, a companhia receberá uma nova aeronave por mês, chegando ao fim do ano com 14 E-Jets na frota. Ao todo foram encomendadas 40 aeronaves Embraer e foi feita a opção de compra para outras 36.

Em cinco anos, serão 78 aeronaves da Azul e uma malha que deve servir 25 cidades brasileiras, sempre com o conceito de ligar ponto a ponto, sem hubs, e ainda oferecer maior flexibilidade tarifária, a fim de estimular as pessoas a viajarem mais. Em 2013, a companhia, que fecha 2008 com 900 funcionários, deve chegar a 5 mil empregos diretos gerados.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP