Boeing agenda o primeiro vôo do 787 para o 2º trimestre de 2009 e primeira entrega para 2010

97

O novo planejamento reflete o impacto da interrupção causada pela recente greve de maquinistas, operários responsáveis pela fabricação e montagem dos aviões, ao lado das substituições necessárias para tornar ainda mais segura a produção dos primeiros aviões.

“Nosso time da área industrial tem feito avanços com os testes estruturais, de qualificação sistemas e hardware, e de produção, mas ainda precisamos nos ajustar a essas duas interrupções inesperadas”, disse o presidente e CEO da Boeing Commercial Airplanes, Scott Carson. Antes da greve que, desde o início de setembro até novembro suspendeu grande parte do trabalho da fabricante de aviões, o 787 estava programado para realizar seu primeiro vôo no final do quarto trimestre de 2008. A primeira entrega estava prevista para o terceiro trimestre de 2009.

“Estamos muito focados no que precisa ser feito para preparar o primeiro vôo”, disse Pat Shanahan, vice-presidente do Programa 787. “Nós vamos superar este conjunto de circunstâncias, pois tivemos outras no passado e temos total clareza do que precisa ser feito para levar o cronograma adiante”, conclui Shanahan.

Diretamente ligado à preparação do primeiro vôo, Shanahan disse, estão finalizando e incorporando as mudanças restantes à engenharia e completando os testes de sistemas, qualificação e certificação.

A Boeing está avaliando o impacto específico deste atraso nas datas de entrega dos clientes e vai fornecer a cada um deles um cronograma atualizado, tão logo este esteja completo. A empresa também está determinando que o impacto financeiro da mudança no cronograma será incorporado à diretriz global, que será apresentada em breve.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP