Boeing e LAN Airlines completam acordo para a compra de 32 jatos 787 Dreamliner e quatro novos 777F

280

A Boeing Company anunciou hoje que a chilena LAN Airlines receberá 32 jatos 787 Dreamliners, totalizando a maior compra de 787s da América Latina até hoje. A linha aérea, sediada em Santiago, anunciou a compra de 26 aviões da Boeing e o leasing de outras seis aeronaves 787-9 da International Lease Finance Corporation (ILFC).

Além da encomenda de Dreamliners, a Boeing declarou que a LAN tem o compromisso de adquirir quatro unidades do 777 Cargueiro – dois da Boeing e dois, em regime de leasing, da GE Commercial Aviation Services (GECAS).

A compra de 26 Dreamliners, combinando as versões 787-8 e 787-9, está avaliada em aproximadamente US$ 4,5 bilhões, em preços de tabela. Os dois 777s Cargueiros tem valor similar, de aproximadamente US$ 500 milhões. As outras duas aeronaves compradas diretamente à Boeing, estavam atribuídas a um cliente não-identificado na lista de Compras & Entregas no website da fabricante.

“Esta compra reafirma o apoio da maior linha aérea da América Latina à Boeing e ao Dreamliner”, disse John Wojick, vice-presidente de vendas para América Latina e Caribe da Boeing Commercial Airplanes. “Com o 787, a LAN poderá fornecer aos seus passageiros a melhor viagem aérea de longo percurso, além das maiores janelas, maior umidade na cabine, mais espaço e menor altitude dentro da cabine.

“Além disso, as operações de carga de longo percurso da LAN ganharão eficiência incomparável com o 777 Cargueiro, que oferece capacidades e escala melhor do que qualquer outro cargueiro bimotor”, disse Wojick.

Há algum tempo, duas outras aéreas latino-americanas também assinaram com o 787 Dreamliner: a Aeromexico, com três aviões em leasing e duas compras diretas, e a colombiana Avianca, que anunciou dez aquisições.

O Boeing 787 Dreamliner, com operação prevista para 2008, oferecerá aos passageiros a melhor experiência de vôo e, às linhas aéreas, a operação mais eficiente dentre os jatos comerciais. Desde o seu lançamento, 51 linhas aéreas efetuaram 736 encomendas, tornando o Dreamliner o avião comercial mais bem-sucedido já lançado. Com o 787 Dreamliner, a Boeing continua na liderança da inovação – com o avião com maior número de partes compostas, capaz de consumir 20% menos combustível e oferecer 45% mais capacidade de carga, segundo Wojick.

O 777 Cargueiro é o sexto e mais novo membro da família 777 – é a extensão do avanço tecnológico destes aviões. O 777 Cargueiro é uma versão do 777-200LR para passageiros e é desenhado para facilitar o alinhamento com as frotas compostas por Boeing 747 Cargueiro. Onze clientes já realizaram encomendas de 82 unidades do 777 Cargueiro, que tem início de operação previsto para o último trimestre de 2008.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade