Boeing fecha acordo com LCAL para expandir frota exclusiva de 787 Dreamliners para leasing

235

A Boeing e a LCAL, empresa do Oriente Médio que presta serviços financeiros internacionais, anunciaram hoje que a companhia de leasing estabeleceu pedido de seis aeronaves adicionais do modelo 787-8 Dreamliner – expandindo sua frota para 21 aeronaves de da mais avançada tecnologia.

O acordo, avaliado em US$ 972 milhões, em preços de tabela, estava listado na página de Compras & Entregas, do website da Boeing, como sendo de um cliente não-identificado.

Sediada em Dubai, a LCAL está no mercado desde 2005 e trabalha exclusivamente com o Boeing 787 Dreamliner. A LCAL foi a primeira companhia de leasing a encomendar 787s, ainda em 2005, e será a primeira companhia de leasing a receber o 787 Dreamliner, em 2009.

“O Boeing 787 Dreamliner vai estabelecer um novo padrão nas operações e na preferência dos passageiros durante as próximas décadas, enquanto toma um grande passo na direção das questões ambientais”, disse Steve Clarke, presidente de CEO da LCAL. “Com as primeiras entregas, a LCAL é a única companhia competitivamente posicionada para entrar no mercado de leasing com a aeronave mais cobiçada na aviação comercial do mundo”, pontua Clarke.

“Com sua frota exclusiva e crescente de Dreamliners, a LCAL reconhece a crescente e forte demanda pelo Boeing 787 Dreamliner dentre as linhas aéreas”, explica John Feren, vice-presidente de Vendas, Leasing e Recursos Financeiros da Boeing Commercial Airplanes.

A LCAL escolheu o motor Rolls-Royce Trent 1000 para alguns de seus 787s e está em negociação com a GE para equipar alguns aparelhos de sua frota com o motor GEnx.

O Boeing 787 Dreamliner oferece aos passageiros a melhor experiência de vôo e, às operadoras, a maior eficiência para servir rotas ponto-a-ponto e outras freqüências preferidas dos passageiros. A tecnologia avançada que o 787 utiliza reduzirá em 20% o seu consumo de combustível, se comparado com os aviões de mesmo porte em operação atualmente, vai fornecer às linhas aéreas 45% mais capacidade de carga, além de presentear seus passageiros com inovações como o novo ambiente interior com ar mais limpo, janelas maiores, mais espaço para bagagem, iluminação inteligente e outras conveniências para seus passageiros.

Desde o lançamento do 787, em abril de 2004, 51 clientes realizaram 736 pedidos, tornando-o o avião comercial que mais rápido atingiu esta marca na história da aviação.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade