Brad Mitchell é o novo presidente global da UPS Logística e Distribuição

93

Ele também lidera o UPS Mail Innovations, oferecendo serviços pós-venda aos consumidores através do programa de divisão de tarefas da UPS.

“A cadeia de suprimentos do pós-venda está se tornando cada vez mais importante no complexo mercado de hoje e a UPS é líder neste segmento,” diz Mitchell. “Nós possuímos experiência especializada, um time de gerenciamento dedicado, competência global e os sistemas necessários para ajudar nossos clientes a melhorar o desempenho e eficiência da cadeia de suprimentos do pós-venda e transformá-la em vantagem competitiva.”

O foco principal de Mitchell é fornecer serviços de logística para a indústria aeroespacial e de alta tecnologia assim como para os setores de dispositivos médicos da indústria de saúde. Estes serviços incluem recuperação de ativos, gerenciamento de reciclagem, suporte para os campos tecnológicos, gerenciamento de devoluções e reparos para clientes, pequenos e médios, em todo o mundo. Todos os serviços são oferecidos por meio de um sistema global sofisticado de TI que facilmente permite que os clientes utilizem estes serviços em qualquer lugar do mundo.

Antes de ser nomeado para esse cargo, Mitchell ocupou diversas posições seniores na área operacional e financeira antes de se tornar gerente de operações da UPS Logística e Distribuição Global. Ele começou sua carreira na UPS em 2000 quando a companhia comprou a empresa canadense de logísticas em saúde, Livingston Inc. Esta aquisição expandiu o foco de logística em saúde incorporando o ambiente regulamentado e controlado das unidades de distribuição e serviços por toda a América do Norte.

‘Um cliente que se beneficiou com os serviços de envio e logística reversa foi a Embraer, fabricante líder mundial de jatos comerciais com mais de 120 assentos e uma das maiores exportadoras do Brasil. A Embraer pediu a UPS para criar e implementar uma nova estratégia de distribuição para reduzir despesas operacionais e escalas de inventário, assim como melhorar os níveis dos serviços para os centros de serviços de manutenção das peças das aeronaves da Embraer.

De acordo com Aloisio Lopes, gerente sênior da Embraer, “A Embraer e a UPS uniram-se para construir um centro de distribuição de peças no final da pista do aeroporto e assim oferecer a Embraer Executive Jets, operações com de redução de tempo nos pedidos em atraso para entrega Next Day Air®. Os resultados farão com que os clientes da Embraer sejam beneficiados por uma cadeia de suprimentos eficiente e terão vantagem sob a extensa rede logística da UPS.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP