Cathay Pacific anuncia a compra de dez jatos 747-8 Cargueiro e sete novos 777-300ER

141

A Boeing e a and Cathay Pacific Airways anunciaram hoje que a empresa, sediada em Hong Kong, encomendou dez jatos 747-8 Cargueiros e mais sete aviões 777-300ERs (Extended Range). Em preços de tabela, o total do acordo é de U$ 5,2 bilhões.

Com o anúncio de hoje, a Cathay Pacific se torna a oitava linha aérea a adquirir o 747-8 Cargueiro, trazendo à Boeing o total de 73 pedidos do novo e eficiente cargueiro-aéreo. Os novos cargueiros aumentarão a frota da linha aérea, que hoje conta com 19 aviões 747 Cargueiros, e para conectar Hong Kong com um número muito maior de mercados internacionais.

Os novos 777-300ERs complementarão a encomenda anterior de 19 unidades do 777-300ER feita pela Cathay Pacific, bem ao leasing de outros quatro aviões de uma terceira companhia. A Cathy Pacific será uma das maiores operadoras do popolaríssimo jato, chegando à marca de 30 aeronaves em serviço. A companhia agora é que tem o maior compromisso com o 777-300ER dentre as operadoras asiáticas.

“Este é um grande dia para a Boeing e para nossos amigos da Cathay Pacific,” disse Larry Dickenson, vice-presidente de vendas para a Boeing Commercial Airplanes. “Nosso relacionamento remonta mais de seis décadas e isto é o que nos levará juntos ao futuro. Estamos felizes com este endosso ao nosso 747-8 e ao 777 por uma linha aérea altamente respeitada como a Cathay Pacific”, explica Dickenson.

“Estes pedidos ressaltam nossa confiança no futuro do transporte de ambos: carga e passageiros no mercado de Hong Kong, e é a confirmação do nosso compromisso em desenvolver nossa cidade natal ao status de maior terminal aéreo do mundo”, disse o chefe executivo da Cathay Pacific Chief Executive, Tony Tyler. “Nós estamos muito animados com o 747-8 Cargueiro, que oferece a maior capacidade de carga dentre os cargueiros comerciais. O mais importante é que se trata de uma aeronave com consumo eficiente de combustível, capaz de economizar 22% menos combustível na receita por tonelada de carga do que o 747-200 Cargueiro e 12% menos que o 747-400 Cargueiro. Do mesmo modo, o 777-300ER é 22% mais eficiente no consumo de combustível que o 747-400 em tonelada de carga. Uma maior eficiência nos dois tipos de aeronave é muito importante nestes tempos de preocupação com o meio ambiente e preços tão altos”, conclui o executivo.

Os novos aviões terão motores da General Electric – GE90-115B para o 777-300ER e o GEnx-2B67 para os 747-8 Cargueiros.

A Cathay Pacific Airways é a sexta maior transportadora de carga aérea em receita de tonelada por quilômetro. Atualmente, opera seis 747-400 Cargueiros, seis 747-400 convertidos em Cargueiro (BCF) e sete aviões 747-200 Cargueiros e outros dois 747-400BCFs encomendados.

Os 747-8 Cargueiros possuem capacidade estrutural máxima de 154 – não possui rivais no mercado. A família do 747 Cargueiro é legendária pelo consumo eficiente de combustível, com custo por viagem até 14% menor do que o 747-400 Cargueiro. De fato, o 747-8 Cargueiro desfrutará do mais baixo custo de tonelada por quilômetro do que qualquer outro cargueiro, providenciando potencial operacional sem comparação às operadoras.

Ele oferece 16% mais receita e volume de carga do que o 747-400 Cargueiro com capacidade ligeiramente maior – acomoda quatro deques principais para pallets a mais e três compartimentos para pallets mais baixos. Dependendo da necessidade da operadora, o 747-8 Cargueiro pode transportar ainda mais carga – mais de 22 toneladas extras – ou voar 1.400 milhas náuticas a mais em mercados onde a as exigências sobre a densidade da carga são menores.

A Cathay Pacific recebeu seu primeiro 777-300ER em setembro e está posicionando sua frota de 777-300ERs em rotas sem escalas para a América do Norte e Europa, afim de capitalizar sua capacidade de carga máxima nestas rotas. Com sua incomparável eficiência no consumo de combustível – e emissões de CO2 – em mais de 20% menos por assento se comparada com seu competidor mais próximo.

Primeiro, a linha aérea anunciou sua escolha pelo 777-300ER em 2005 e este anúncio é o terceiro sobre aquisições de aviões de longo alcance e sobre planos de expansão da Cathay Pacific.

Além disso, a Cathay Pacific opera 12 jatos Boeing 777-300s, cinco 777s e outros 24 aviões 747-400s no serviço de passageiros.

A Dragonair, uma subsidiária da Cathay Pacific, opera outros sete 747 Cargueiros – um 747-200 Cargueiro, três 747-300SFs e três 747-400BCFs e aguarda a entrega de dois novos 747-400BCFs.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP