DAC suspende as operações de seis aeronaves da Vasp

216

O Ministério da Defesa emitiu ontem a seguinte nota ofícial a respeito da suspensão de voar de 6 aeronaves Boeing 737-200, na qual transcrevemos na íntegra.

“O Departamento de Aviação Civil (DAC) suspendeu as operações de seis aeronaves da
empresa aérea Vasp. Por medida de segurança, esses aviões de modelo Boeing 737-200 não poderão voar até que cumpram as exigências técnicas estabelecidas pelo fabricante.

Em 22 de setembro de 2004, foi realizada uma reunião entre representantes do DAC e
da empresa VASP, na qual a mesma informou sobre a intenção de estabelecer uma dinâmica própria para o cumprimento das ações exigidas.

Vale lembrar que o DAC está atento ao cumprimento da Portaria 676/CG-5, de 13 de
novembro de 2000 (Condições Gerais do Transporte Aéreo), no que diz respeito às
responsabilidades da empresa para com os seus passageiros.

É importante ressaltar que tais exigências afetam cerca de 290 aeronaves deste modelo em todo o mundo.

As pendências se referem a modificações estruturais na fuselagem do equipamento, em
função do elevado número de ciclos (pousos) acumulados por essas aeronaves.

Os equipamentos em questão, PP-SMA, PP-SMC, PP-SMQ, PP-SMR, PP-SMS e PP-SMT, receberam autorização do DAC para serem trasladados para as bases da empresa operadora no Estado São Paulo.

FONTE: Aviação Brasil / Ministério da Defesa – Aviação Brasil – São Paulo/SP

Publicidade