Emirates Chega ao Brasil

248

A Emirates acaba de assinar uma página importante de sua história, com o início da sua nova rota Dubai-São Paulo-Dubai no dia primeiro de outubro, unindo pela primeira vez o Brasil ao Oriente Médio sem escalas. O novíssimo Boeing 777-200LR da empresa, prefixo A6EWA, pousou no Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos 45 minutos antes do horário previsto, trazendo passageiros procedentes de Dubai e de mais 11 países do Oriente Médio e da Ásia. Entre os passageiros, o Embaixador do Brasil nos Emirados Árabes Unidos, Flávio Moreira Sapha.

São Paulo passa a ser o 94° destino na malha de rotas da Emirates, e o Brasil torna-se o 60° país servido pela empresa. A excelência do serviço, o conforto do Boeing 777-200LR – com oito suítes privativas na Primeira Classe, 42 assentos amplamente reclináveis na Classe Executiva, espaço generoso para os 216 assentos da Classe Econômica – e a exuberância do sistema de entretenimento ice Digital Widescreen estão agora acessíveis ao mercado brasileiro.

Sua Alteza Xeique Ahmed bin Saeed Al-Maktoum, Presidente Executivo e Presidente do Conselho da Emirates Airline e Grupo, comentou o feito:

“É uma conquista especial para a Emirates, não apenas por que inauguramos nosso primeiro portão de entrada à América do Sul, mas por que a partir de agora voamos para seis continentes, sem escalas, a partir de Dubai. Oferecemos uma ótima opção para viajantes a negócios e a lazer de todo o Oriente Médio, da África, da Ásia e da Austrália que buscam uma rota conveniente para a América do Sul. Ao mesmo tempo, oferecemos Dubai, ao mercado relativamente inexplorado da América do Sul, como um novo destino turístico e de negócios. Queremos estreitar os laços com o Brasil e agradecer ao governo brasileiro e às autoridades aeroportuárias por tornarem esta rota possível”.

Simbolizando o caráter multicultural da Emirates, o primeiro vôo de Dubai a São Paulo contou com uma tripulação formada por um comandante alemão e um brasileiro – Murilo Mariozi -, dois co-pilotos nacionais dos Emirados Árabes Unidos e comissários de nove nacionalidades diferentes, inclusive cinco brasileiros. Por sua vez, o primeiro vôo de São Paulo a Dubai, marcando o início da rota no sentido do Oriente Médio, teve toda a sua tripulação técnica constituída de brasileiros: comandantes Nicolau Barros e Marcelo Taborda Peixoto, co-pilotos Marcelo Brasil Dias e Kalina Comenho, a primeira mulher a voar para a Emirates. A tripulação de cabine foi composta por cinco comissários brasileiros e profissionais de mais seis nacionalidades distintas. Os passageiros embarcados em São Paulo dirigiam-se tanto a Dubai quanto a outros destinos, valendo-se das facilidades de conexão em Dubai.

O mercado brasileiro passa a conhecer também, com os seis vôos semanais da Emirates, seu inovador programa de milhagem Skywards. O programa supera os serviços existentes na indústria, oferecendo benefícios que incluem gerenciamento de viagem, participação no clube exclusivo de negócios Alumnus, atendimento preferencial e traslado com motorista particular em aeroportos selecionados da malha global de destinos da Emirates.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade