Emirates reduz tarifas e anuncia novas promoções

164

Ralf Aasmann, diretor-geral da Emirates para o Brasil explica: “a Emirates projetou Dubai internacionalmente e estamos comprometidos em ampliar cada vez mais a divulgação do destino, de forma que todos possam conhecer esta cidade dinâmica, que se transforma a cada dia. Dubai tornou-se um hub mundial, conectado a mais de 100 cidades internacionais com vôos diretos da Emirates. Por isso, criamos promoções que incluem paradas em Dubai com hospedagem gratuita, além de tarifas especiais para locais como Sydney, Moscou ou Bangkok”.

“A recente campanha global Keep Discovering Dubai promoveu ainda mais o destino, com investimento de quase US$ 20 milhões pela Emirates, pelo Departamento de Turismo e Marketing Comercial de Dubai (DTCM), por hoteleiros e DMC´s (Destination Management Companies) locais. Cada vez mais turistas querem conhecer ou voltar a Dubai, buscamos a satisfação dos nossos clientes por meio de preços competitivos e promoções inovadoras” conta Marcia Galvão, gerente de vendas da Emirates no Brasil.

A Emirates reduz a tarifa da passagem para Dubai, classe econômica, para US$ 1.143,00. A emissão deve ser feita até 20 de junho de 2009. Válida para embarques até 16/06/09 e de 18/07/09 a 11/08/09. Taxas de combustível e embarque não inclusas. Detalhes na Central de Reservas Emirates: (11) 5503 5000

Passageiros de primeira classe e classe executiva da Emirates ganham hospedagem gratuita durante stopover em Dubai no mais novo hotel The Address Downtown Burj Dubai.

A promoção inclui duas noites para clientes da primeira classe e uma noite para classe executiva, além de café da manhã, passeios, descontos em compras no Dubai Mall e visto de 96 horas para entrada em Dubai. Válida para viagens até 15 de setembro de 2009.

A partir dessa semana os passageiros podem parcelar os bilhetes em 5X sem juros. Válido para todas as rotas da Emirates, nos cartões de crédito: American Express, Mastercard, Dinners e VISA. Os cartões devem ser de pessoa física, emitidos no Brasil, e a parcela mínima é de R$ 500.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade