Fernando Pinto é eleito presidente da AEA

188

O presidente da TAP Air Portugal, Fernando Pinto, foi eleito na última sexta-feira, dia 12, em Viena, presidente da Associação Européia de Companhias Aéreas (AEA). Ele iniciará o mandato à frente desta organização de cúpula da aviação civil em 1 de janeiro de 2005.

A eleição ocorreu durante a Assembléia Geral da Organização, que alterou propositadamente os estatutos para poder eleger Fernando Pinto, já que, até o momento, o presidente da AEA era sempre escolhido entre os sete elementos que integram permanentemente o comitê de presidentes das principais companhias européias.

O presidente da TAP considerou que a sua eleição constitui “uma grande honra também para TAP e para Portugal, mas sobretudo um grande desafio”. “Não deixa de ser extremamente interessante a perspectiva de poder ter um papel ativo num momento tão importante e decisivo para o futuro da indústria da aviação civil”.

“Representa igualmente o reconhecimento internacional pela recuperação da companhia aérea portuguesa, pelo que, neste momento, não posso deixar de sublinhar a contribuição de todos os trabalhadores da TAP. Sem o seu esforço dos últimos anos a minha eleição nunca teria sido possível”, acrescentou.

Fernando Pinto sucederá o austríaco Vagn Soerensen, presidente da Austrian Airlines. O Comitê de Presidentes, com nove membros, é o mais importante órgão da AEA, sendo composto pelo presidente atual, pelo presidente anterior, e por mais sete membros permanentes. Atualmente é constituído pelos presidentes da Air France, Alitalia, Austrian Airlines, British Airways, Croatia Airlines, Lufthansa, Ibéria, KLM e SAS.

A AEA integra 31 companhias, empregando 360 mil trabalhadores. No seu conjunto possuem 2.400 aviões, que transportam, anualmente, cerca de 300 milhões de passageiros e geram uma receita superior a 60 mil milhões de euros. Foi criada em 1954, resultando de um grupo de estudo constituído dois anos antes pelos presidentes da Air France, KLM, Sabena e Swissair, a que viriam juntar-se a SAS e a BEA (futura British Airways).

Com sede em Bruxelas, o seu objetivo é, desde sempre, fomentar a cooperação, a troca de informação e a produção de análises e recomendações sobre o setor, buscando o desenvolvimento harmonioso do transporte aéreo.

FONTE: Aviação Brasil / TAP Air Portugal – Assessoria de Imprensa – Porto Alegre/RS