Fundo acionista da VarigLog consegue arresto de Boeing

188

O fundo americano Matlin Patterson, acionista da empresa de transporte de cargas VarigLog, conseguiu o arresto de um Boeing 757 operado pela empresa que estava parado em Miami, em mais um capítulo da briga de sócios que vem se arrastando desde outubro.

O fundo conseguiu também, na semana passada, o bloqueio de uma conta da empresa, que na última sexta-feira não realizou o pagamento do salário de novembro dos funcionários. Segundo Marco Antonio Audi, um dos sócios brasileiros do fundo na empresa, a VarigLog conseguiu ontem derrubar a decisão da Justiça brasileira de bloquear a conta.

Ele afirmou que o pagamento dos funcionários foi regularizado. “Vamos entrar na Justiça a qualquer momento para reverter o arresto. Não estamos com o leasing desse avião atrasado nem um dia.”

O Matlin Patterson se associou a três investidores brasileiros (Audi, Luiz Eduardo Gallo e Marcos Haftel) para investir na empresa, ex-subsidiária de transporte de cargas da Varig. A Varig-Log levou as operações da empresa aérea em leilão, em 2006, e depois a revendeu à Gol, neste ano, por US$ 320 milhões.

Neste ano, o fundo entrou na Justiça para cobrar dos sócios empréstimos concedidos à VarigLog. Há ações tramitando em São Paulo e em Nova York. Na Justiça brasileira, o fundo cobra cerca de R$ 195 milhões, e, na Justiça americana, mais US$ 88 milhões (equivalente a R$ 161,9 milhões).

Na última sexta-feira, Audi enviou uma carta aos funcionários da VarigLog afirmando que a empresa foi “mais uma vez alvo de ação hostil ajuizada pela MatlinPatterson”. Disse ainda que o pagamento de quem ganha até R$ 4.900 seria feito ontem e que os demais funcionários receberiam 30% do valor do salário ontem e o restante no próximo dia 17.

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aéreos, a companhia ainda não havia pago o salário de novembro e não recolhia o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) desde julho. Há indícios de que a primeira parcela do 13º salário, prevista para 30 de novembro, também não tenha sido depositada.

FONTE: Folha OnLine – Maeli Prado – São Paulo/SP

Publicidade