Gol vende 64 mil bilhetes em 5 dias e acabam lugares para o Natal e Ano Novo

239

A Gol Transportes Aéreos está com os vôos noturnos para o Natal e Ano Novo todos lotados. Os bilhetes para o Carnaval para os destinos mais procurados, como Rio-Salvador, também já começam a esgotar. Os vôos noturnos –que serão operados de 19 de dezembro a 29 de fevereiro– têm preços equivalentes aos das passagens de ônibus rodoviários.

A elevada demanda pelos vôos e as reclamações dos consumidores, que chegaram a acusar a empresa por e-mail de fazer propaganda enganosa, levaram o Procon-SP a estudar a possibilidade de vir a tomar medidas administrativas contra a Gol.

No entanto, a Gol se defende e afirma que não houve irregularidade alguma na venda dos vôos noturnos. “As condições para a compra dos bilhetes estão em nosso site para todos verem”, disse o vice-presidente de marketing da Gol, Tarcísio Gargioni.

Segundo ele, a companhia aérea tinha 82 mil assentos para ofertar nos vôos noturnos até 29 de fevereiro. Desse total, 64 mil lugares foram vendidos em apenas cinco dias.

“Não houve mentira. Os lugares existiam. Mas cada avião tem 144 lugares. Não podemos ampliar os lugares e nem temos mais aviões para colocar nesses horários”, afirmou Gargioni.

Mais procurados

A dificuldade para encontrar vôos noturnos é maior nos destinos mais procurados no Verão e nas vésperas e retornos de Carnaval. Esse é o caso do vôo Rio-Salvador, que não tem mais nenhum lugar à venda até 11 de janeiro nos vôos noturnos da Gol.

Os vôos que saem do Rio para Salvador a partir de 17 de fevereiro também estão lotados. Ainda existem alguns lugares no dia 22 de fevereiro. O retorno de Salvador também será complicado: os vôos para o Rio e São Paulo também estão lotados.

Preços diferentes

Gargioni disse todos os assentos dos vôos noturnos podem ser comprados pela tarifa promocional, que tem duas faixas de preço.Uma para quem ficar dois dias no lugar de destino e outra, para o retorno em cinco dias.

No entanto, para ter direito ao preço promocional, o consumidor tem de compra o bilhete de ida e volta. Se comprar apenas um dos trechos, terá de pagar o preço normal.

Dessa forma, num mesmo vôo, poderá haver passageiros pagando três preços diferentes de passagem. No vôo São Paulo-Rio, por exemplo, o bilhete noturno é vendido por R$ 50 (cinco dias no destino) e R$ 60 (permanência de dois dias no destino).

No entanto, o cliente que não comprar o bilhete de ida e volta pagará R$ 179 para viajar no mesmo vôo noturno de quem pagou R$ 50 ou R$ 60 pela passagem aérea.

FONTE: FABIANA FUTEMA, Folha Online – Fernando Valduga, Aviação Bras – Porto Alegre/RS

Publicidade