Infraero e Exército assinam convênio para conclusão da pista de São Gonçalo do Amarante (RN)

116

O documento firmado entre a Infraero e o Comando do Exército prevê, além da finalização da pista, a terraplanagem das lagoas de captação do sistema de drenagem.

As obras, orçadas em R$ 12 milhões, serão executadas pelo 1º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC) do Exército. A previsão de início dos trabalhos, que devem durar três meses, é para a terceira semana de fevereiro.

“A importância da obra de São Gonçalo do Amarante é principalmente para que possam ser separados o trafego aéreo civil do militar, na área do Rio Grande do Norte. Vai permitir também uma futura expansão do terminal novo, de um aeroporto novo”, afirmou Nicácio. Segundo ele, o convênio é uma possibilidade de aumentar ainda mais o intercambio entre os outros.

Atualmente, 90% da terraplanagem da área do sistema de pistas e pátios já estão concluídos e 66,66% da primeira camada de asfalto da pista de 3.000m já foram feitos. As pistas do São Gonçalo do Amarante, já em 2009, terão capacidade para receber aviões como o cargueiro 747-400, o MD-11 e o A380, esse último com capacidade para 840 passageiros.

Além das autoridades militares, participou da reunião o diretor de Engenharia da Infraero, Paulo Sérgio Ramos Pinto.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade