Integração SWISS ao grupo Lufthansa é concluída com sucesso

199

Depois de garantir os direitos de tráfego necessários, a Deutsche Lufthansa AG assumiu o total das cotas-parte da Swiss International Air Lines AG a partir de 1.º de julho de 2007. Desde esta data, a Lufthansa tem o controle de 100% do capital acionário da Swiss International Air Lines AG por meio da empresa suíça Air Trust AG.

A integração da SWISS ao grupo empresarial Lufthansa foi realizada e com maior rapidez e sucesso do que fora previsto. Com mais de 200 milhões de euros (aproximadamente 300 milhões de francos suíços) somente em 2006, as sinergias alcançadas também foram bem maiores do que planejado. Wolfgang Mayrhuber, presidente mundial da Deutsche Lufthansa AG, declarou: “O resultado acentua o valor da nossa parceria, fortalece a sustentabilidade da estratégia focada no trabalho de equipe e é a recompensa pelo excelente trabalho realizado pela chefia da SWISS e sua engajada equipe.” Continuando, Mayrhuber enfatizou: “O modelo empresarial da SWISS é um grande sucesso; a empresa aérea continua voando alto e está no rumo certo. A SWISS continuará desenvolvendo suas qualidades sob sua própria marca, aumentando sua presença em seu país natal e base, a Suíça. A SWISS continua sendo a SWISS – também com a Lufthansa.”

Christoph Franz, CEO da SWISS, por sua vez, sublinhou: ”Nesta parceria, o foco são as vantagens para os clientes de ambas as empresas aéreas. Como parte do grupo Lufthansa e membro da Star Alliance, a SWISS pode oferecer aos seus clientes uma malha aérea mais ampla, com maior número de destinos e acessos a lounges.” E acrescentou: ”As promessas feitas por ocasião do anúncio da integração foram mais do que cumpridas. Depois do sucesso da reestruturação concluída, nossa frota de longa distância cresce mais do que previmos em 2005. Com isso, criamos várias novas vagas de trabalho na Suíça e fortalecemos o centro de distribuição Zurique.”

O modelo empresarial se mantém inalterado no sentido de que, mesmo integrada à estratégia do grupo Lufthansa, a SWISS continua sendo uma empresa aérea independente, com diretoria e sede na Suíça, e tripulação e frota próprias. O centro de distribuição Zurique continuará sendo desenvolvido juntamente com os centros de distribuição Frankfurt e Munique, seguindo a estratétia multihub da Lufthansa. A frota SWISS também continuará sendo em expansão. Além dos já anunciados cinco jatos de longa distãncia adicionais, três outros aviões modelo A340-300 serão integrados à frota no decorrer do próximo ano, e dois A330-220 da frota atual serão substituídos. O alto aproveitamento de espaço da atual malha aérea de longa distância e o crescimento constante do mercado permitem a ampliação da frota. Os três Airbus A340-300 dispõem de configuração de três classes com 228 assentos: 8 assentos na First Class, 48 assentos na Business Class e 172 assentos na Economy Class.

Desta forma, a SWISS fortalece sua posição de empresa aérea de qualidade. Os A330 a serem substituídos operavam com uma configuração de apenas duas classes. “Nós investimos na frota SWISS e com isso aumentamos a qualidade da nossa oferta”, disse, ainda, Christoph Franz.

Juntos, Wolfgang Mayrhuber e Christoph Franz enfatizam: “Todos participam do sucesso; nossos clientes por meio de ofertas melhores, a base Suíça por meio de uma malha aérea em expansão e os funcionários e acionistas por meio de melhores perspectivas.”

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade