JadLog adquire um Cessna Grand Caravan para voos de carga

299

A nova rota permitirá à JadLog praticamente dobrar a quantidade de cargas transportadas na ponte aérea São Paulo – Paraná – Santa Catarina. Outro benefício será a grande agilidade propiciada pela redução dos prazos de entregas entre os dois Estados e também nas conexões com as regiões Norte e o Nordeste.

Para realizar o novo itinerário, a empresa adquiriu um avião cargueiro Grand Caravan, de 1,5 toneladas de capacidade, negociado por US$ 1,3 milhão em um arrendamento mercantil. Esta é a 27ª aeronave da JadLog, que recentemente adquiriu outros dois aviões novos da Cessna diretamente com o fabricante.

“Identificamos essa oportunidade de ampliar nossos serviços no mercado catarinense e rapidamente adquirimos essa aeronave. Com a utilização do aeroporto em Blumenau, nossa expectativa no curto prazo é aumentar em 100% o volume de encomendas nessa rota”, afirma o diretor da JadLog, Ronan Hudson.

A implementação do novo itinerário aéreo da JadLog, com pouso e decolagem diários em Blumenau, além de reabrir o caminho para as operações aéreas comerciais na cidade, foi comemorada por empresários, pelo governo local e pela comunidade da cidade, que atualmente tem poucas alternativas para despachar encomendas para outros estados brasileiros.

Hoje, as remessas de Blumenau, por exemplo, precisam ser expedidas até 13h para chegar no dia seguinte ao destino, caso contrário o prazo mínimo de entrega é de dois dias úteis. A cidade é atendida via aérea apenas pelo aeroporto de Navegantes, distante cerca de 50 km. Com a nova rota da JadLog, o atendimento para encomendas e cargas expressas voltará a ser local e será uma opção ágil para envios e recebimentos não só de Blumenau, mas também de municípios vizinhos como Brusque, Jaraguá do Sul, Itajaí, Joinville, Camboriú e Rio do Sul, que contam com uma demanda considerável da população e que abrigam importantes companhias têxteis e do ramo de software, entre outras. A expectativa é que as empresas ganhem muito em competitividade com a nova rota aérea.

O Aeroporto de Blumenau Quero Quero, nome em alusão à ave, opera hoje somente para aeronaves privadas e do aeroclube até o pôr-do-sol. A falta de iluminação artificial é um dos empecilhos para os voos comerciais. A decolagem do avião da JadLog diariamente às 17h45 pode motivar as autoridades a providenciar o balizamento necessário para operações noturnas.

Por isso, a nova rota da JadLog e a conseqüente retomada dos vôos comerciais no aeroporto de Blumenau são fatos muito importantes para a cidade e apoiados pela prefeitura local.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade