Lufthansa Cargo registra resultado positivo em 2003 apesar das dificuldades de mercado

427

Apesar das dificuldades do mercado de carga aérea, o resultado obtido
pela Lufthansa Cargo AG no exercício de 2003 foi positivo, chegando a
15,8 milhões de euros antes dos impostos, com um fluxo de caixa
operacional de 190,5 milhões de euros.

Os 2,16 bilhões de euros faturados em 2003 representam 8% de retração em
relação ao exercício anterior. O resultado é decorrente dos efeitos
cambiais, da concorrência cada vez mais acirrada e da fraca demanda
durante o ano. Além disso, o excesso de oferta de espaço do setor também
teria contribuído decisivamente para o declínio da média das receitas.

A Lufthansa Cargo reagiu às dificuldades do mercado flexibilizando a sua
própria oferta de espaço. A oferta total, que inclui o espaço dos
compartimentos de carga em aviões de passageiros, foi 0,6% discretamente
superior à do ano anterior. As vendas em TKT (demanda em
toneladas-quilômetro) diminuíram 1,0%, resultando em fator de
aproveitamento de espaço menor (65,6%).

A área de tráfego Ásia/Pacífico, onde a Lufthansa Cargo transportou 0,4%
a mais de carga e correio, mostrou o melhor desempenho ao longo do ano.
No geral, a Lufthansa Cargo conseguiu, mais uma vez, manter sua posição
de líder internacional do setor de carga aérea em 2003.

O mesmo se deu com a manutenção dos seus produtos Premium durante o ano
de 2003. Cerca de 36% das receitas de tráfego foram obtidas com a venda
destes produtos, ou seja, as ofertas time definite e os pacotes de
serviços específicos. A porcentagem de reservas eletrônicas também
aumentou nitidamente: no final de 2003, 25% das reservas em todo o mundo
já estavam sendo feitas por meio dos diversos canais de e-booking.

Em setembro de 2003, a Lufthansa Cargo lançou um amplo programa de
renovação da frota que prevê a venda de toda a frota de cargueiros
Boeing 747-200 no decorrer deste e do próximo ano. Depois de concluída a
venda, três destes oito cargueiros Boeing 747-200 deverão ser fretados
sempre que houver demanda, flexibilizando a oferta de espaço. Além
disso, a frota MD-11 será ampliada de 14 para 19 aviões.

A Lufthansa Cargo também continuou inovando na área de segurança: o novo
terminal de carga inaugurado no aeroporto JFK em Nova York dispõe de
sistemas de segurança de última geração. Ao mesmo tempo, foram iniciadas
as obras de renovação do “Security Hub Frankfurt” – barreiras físicas e
tecnologia de ponta protegem a área contra eventuais violações ou
delitos, transformando a base da Lufthansa Cargo em Frankfurt em um dos
centros de distribuição mais seguros da indústria da carga aérea em todo
o mundo. O próximo passo será a adoção das mesmas medidas em todos os
grandes aeroportos que abrigam terminais de carga da Lufthansa Cargo.

A aliança WOW – formada por Lufthansa Cargo, Japan Airlines Cargo,
Singapore Airlines Cargo e SAS Cargo –, por sua vez, também contribuiu
para o resultado positivo de 2003, passando a oferecer a maior rede de
serviços expressos do mundo, depois da inserção do produto express da
JAL Cargo. Outro marco na história da aliança foi a inauguração, em
Frankfurt, do primeiro terminal WOW exclusivo, onde a Lufthansa Cargo
também atende os clientes de seus parceiros WOW.

O telefone da Lufthansa Cargo em São Paulo é (11) 2161 7500 e no Rio de Janeiro (21) 2462 0733.

FONTE: Lufthansa/Egom – Aviação Brasil – São Paulo/SP