Operação da Polícia Federal chega até passageiros de vôos domésticos

153

Os agentes da Polícia Federal (PF) entram hoje no oitavo dia de greve prometendo aumentar os atrasos nos aeroportos. A partir das 6h, a operação padrão que elevou o rigor na fiscalização de vôos internacionais será estendida, em parte, para viagens domésticas.

A iniciativa obrigará passageiros a se identificarem a um policial antes do embarque. Também haverá agentes de plantão no setor de inspeção, junto a aparelhos de detector de metais.

A idéia é ampliar a operação para vôos domésticos nos maiores terminais do país – Rio, São Paulo, Porto Alegre e Salvador -, mas pode ser aplicada em outras capitais.

No aeroporto Salgado Filho, a manobra deverá atingir cerca de 4 mil pessoas que deixam o Estado em 78 vôos diários com destino a outras cidades brasileiras.

A identificação, em princípio, deverá elevar de dois para três minutos a vistoria. Transtorno maior terá quem for tratado como suspeito ou esquecer de levar documentos com foto e tenha, por acaso, passado ileso pelo check in sem se identificar. Nesses casos, o passageiro será levado até as cabines da PF e terá seus dados consultados em computadores conectados ao Sistema Nacional de Procurados e Impedidos (Sinpi).

A pesquisa no Simp é de praxe em vôos internacionais. Em virtude da greve, os agentes intensificaram essa consulta para todos os passageiros, antes feita por amostragem. A fiscalização tem gerado atraso médio de uma hora em Porto Alegre e de até quatro horas em Guarulhos (SP).

– Isso é uma grande injustiça com a gente que tem compromisso. Temos de levantar mais cedo, perder horas em filas – reclamou ontem à tarde o empresário paulista José Afonso, 49 anos, antes de embarcar para São Paulo.

Marco Aurélio Franceschi, superintendente da Infraero, disse que a empresa não pode interferir nas operações da PF, porque a corporação tem o direito de fiscalizar o aeroporto, mas prometeu agir para facilitar ao máximo o deslocamento dos passageiros.

FONTE: Zero Hora – Fernando Valduga – Porto Alegre/RS