SWISS absorve Servair

479

A Servair continuará operando sob o nome de Swiss Private Aviation AG como afiliada 100% da Swiss International Air Lines AG. Com a Swiss Private Aviation, a SWISS pretende se firmar no segmento do transporte aéreo executivo. Além disso, a Swiss Private Aviation deverá servir como plataforma para o tráfego da frota Lufthansa Private Jet.

A SWISS Private, domiciliada no aeroporto de Zurique, é especializada em prestação de serviços nas áreas de gestão de aviões e de vôos comerciais fetados. Diante da crescente demanda por vôos executivos fretados, a SWISS resolveu explorar este segmento com a SWISS Private, que oferecerá serviços de gestão de aviões para passageiros privados e empresas. Esses serviços incluem, entre outros, consultoria para a aquisição e introdução de novos jatos executivos em nome do cliente, planejamento abrangente e realização das operações de vôo, seleção e disponibilização de tripulações, handling e catering assim como garantir a manutenção dos aviões.

“O tráfego aéreo executivo cresce fortemente e é nitidamente mais resistente a crises – e a SWISS quer participar deste mercado por meio da SWISS Private”, disse o CEO da SWISS, Christoph Franz. “Os futuros clientes poderão contar com uma parceira de peso, cuja credibilidade e segurança lhe confere posição de líder da indústria”, continuou, ainda, Franz.

Além disso, com a Swiss Private Aviation AG, a SWISS cria uma nova plataforma para as operações da Lufthansa Private Jet (LPJ), cuja frota deverá ser operada pela SWISS Private com a respectiva autorização operacional (AOC – Air Operator Certificate). A Lufthansa continuará sendo responsável comercialmente pela frota LPJ, respondendo pelo produto, marketing, vendas e gestão de clientes. A SWISS contratou um corpo de pilotos próprio para operar a frota LPJ. A primeira operação comercial de um LPJ foi realizada no início de julho deste ano. A integração da frota

LPJ à SWISS Private será feita por ocasião da obtenção da certificação IOSA (IATA Operational Safety Audit).

“Com a SWISS Private criamos uma plataforma ideal para as operações da frota LPJ e atendemos às necessidades diferenciadas do tráfego aéreo executivo”, argumentou Gaudenz Ambühl, Chefe de Operações da SWISS.

A Servair foi fundada em 1984, emprega atualmente oito funcionários e passará a operar sob a atual diretoria como SWISS Private. A Servair será uma afiliada 100% da SWISS e integrada à organização da Swiss International Air Lines AG. De comum acordo, o preço de compra não será divulgado.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP