TAM e Amadeus cancelam contrato

465

A TAM Linhas Aéreas e o Amadeus, sistema integrado de reservas, romperam o contrato em vigor.
Entenda o por que do rompimento, explicado pela Assessoria de Imprensa da TAM.

– TAM Linhas Aéreas S.A. (“TAM”) desenvolveu tecnologia e know-how inéditos no setor aéreo com a finalidade de colocar em operação o ” Portal eTAM”, um portal na Internet pelo qual é possível o acesso a serviços como reservas de vôos, emissão de bilhetes, check-in e pagamento de faturas. O Portal eTAM é resultado de anos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico por parte da TAM, que fez pesados investimentos com o objetivo de aumentar a eficiência de suas operações e melhorar o relacionamento com as agências de viagem.

– Os agentes de viagem são beneficiados pelo Portal eTAM. Entre outras vantagens, a reserva e a emissão eletrônica de bilhetes fazem com que as agências reduzam drasticamente os custos envolvidos na administração de estoque, manuseio e transporte de documentos. Isso sem falar na prestação de serviços mais eficientes a clientes, entre eles a emissão mais ágil e segura de bilhetes e a atualização de status do check-in por celular ou e-mail.

– O Portal eTAM torna possível à TAM modificar sua relação com os chamados “CRS” (“computarized reservation systems”). Nesse contexto, Amadeus Marketing S.A. (“Amadeus”), uma das empresas do mercado de CRS com a qual a TAM mantém contrato, passou a alegar que a TAM estaria violando esse contrato ao estabelecer canal direto de comunicação com as agências por meio do Portal eTAM. A TAM rejeita enfaticamente essa alegação.

– Amadeus alega que o Portal eTAM seria um novo concorrente no mercado de CRS, o que é errado pois a TAM continua concentrando seus negócios em atividades de transporte aéreo de passageiros e de cargas e o Portal eTAM é uma ferramenta inovadora e instrumental ao desenvolvimento desses negócios.

– Não tendo chegado a acordo com a Amadeus, a TAM se viu forçada a comunicar o término do contrato com essa empresa. A notícia de término foi dada há alguns dias à Amadeus. Nos termos do contrato, as empresas deverão continuar sua relação pelo período de seis meses. A TAM espera que nesse período possa manter um bom trabalho em conjunto com a Amadeus e que esta honre seus compromissos.”

FONTE: Aviação Brasil / TAM – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade