TAM reintegra mais um A330 para fazer vôo noturno a Nova York

143

A TAM Linhas Aéreas passará a operar no horário noturno seu vôo ligando o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, a Nova York (EUA), a partir de 1º setembro. A mudança de horário desta freqüência, que continuará sendo diária, vai permitir que os passageiros desembarquem no Aeroporto John Fitzgerald Kennedy (JFK) no início da manhã, ganhando mais tempo para aproveitar sua estadia.

O vôo JJ 8080 sairá de São Paulo às 22h45, chegando no Aeroporto JFK às 7h30 (hora local). O percurso inverso será realizado no vôo JJ 8081, com embarque em Nova York às 20h00 (hora local) e chegada em São Paulo às 6h45.

Para viabilizar o vôo noturno, que terá dois aviões voando simultaneamente, a Companhia recebeu em devolução na semana passada a segunda das três aeronaves Airbus A330 que estavam subarrendadas para uma empresa aérea no Oriente Médio e estão retornando este ano para compor a capacidade de frota para os vôos internacionais de longo curso. Para atender à forte demanda de executivos e empresários que viajam a negócios para Nova York, esta aeronave tem 39 assentos na Classe Executiva e outros 171 na Econômica.

A terceira aeronave retornará em outubro e fará o vôo noturno para o aeroporto de Heathrow, em Londres, que será operado pela TAM a partir de 28 de outubro, com freqüência também diária. A frota da Companhia é integrada atualmente por 89 aeronaves, sendo 67 modelos da Airbus – 13 A319, 44 A320 e 10 A330 (incluído o terceiro avião subarrendado que retornará em outubro).

Contratos assinados junto à Airbus dentro do plano de frota definido pela TAM prevêem a aquisição de mais 64 aeronaves – sendo 15 A319, 43 da família A320 e seis A330 – com entregas programadas até 2010. Os contratos contemplam também 20 opções para aviões da família A320 que poderão ser exercidas pela empresa de acordo com suas necessidades. A estimativa da TAM é chegar ao final deste ano com, no mínimo, 96 aeronaves. Para 2010, o planejamento estratégico TAM estima uma frota em operação de 127 aeronaves Airbus. Para os vôos de longo curso, a Companhia possui ainda contrato para aquisição de 10 Airbus A350 com mais cinco opções a serem entregues a partir de 2012.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP