TAP seleciona plataforma da Star Alliance desenvolvida pela Amadeus

119

A TAP Portugal, membro da Star Alliance, optou pela Star Alliance Common IT Platform (CITP), para substituir os seus atuais sistemas de reservas, inventário, emissão de bilhetes e check-in. A CITP é uma plataforma conjunta e centralizada, desenvolvida e servida pela Amadeus para as companhias da Star Alliance. A TAP planeia concluir a migração dos seus sistemas principais para a CITP até 2010.

Este projeto foi originalmente lançado em 2005, tendo a Lufthansa e a United sido as primeiras companhias a aderir. Juntam-se a Austrian e a TAP, além das companhias regionais Adria Airways e Croatia Airlines já participantes. Também a South African Airways utiliza o sistema Altéa da Amadeus, baseado numa tecnologia semelhante à CITP.

A CITP é a mais nova geração de sistemas de Gestão de clientes disponível na indústria. Esta plataforma permite melhorar as funcionalidades do serviço prestado ao cliente, especificamente nas áreas de vendas e aeroporto, abrangendo, designadamente, horários, disponibilidade de vôos, reservas, inventário, tarifas e emissão de bilhetes, assim como o check-in de passageiros.

“Estamos muito satisfeitos com o fato de a TAP ter escolhido a Star Alliance Common IT Platform, porque isso reforça a capacidade das companhias da nossa aliança de agilizarem substancialmente o desenvolvimento de novos produtos, reduzindo os custos e permitindo uma oferta de serviços consistente em toda a nossa Rede global. É também um importante avanço para o projeto no seu todo e demonstra que estamos a seguir a estratégia correta, com o objetivo de servir melhor os nossos clientes”, afirmou Aman Khan, Vice-Presidente para as Tecnologias de Informação da Star Alliance.

A nova plataforma vai melhorar a eficiência das companhias aéreas no âmbito da aliança, através de serviços comuns e facilidade de utilização, assim como a disponibilização de melhor informação comum a todos aqueles que nas companhias aéreas prestam serviço aos clientes da aliança. Com a CITP, é possível oferecer serviços de melhor qualidade em toda a rede Star Alliance, com a obtenção de benefícios para todas as partes envolvidas.

“A TAP Portugal está a crescer e os nossos passageiros exigem serviços de elevado padrão. São necessárias novas ferramentas para ganhar os desafios do presente e para alcançar a excelência no futuro. O negócio tem de ser mais flexível e o serviço prestado ao cliente tem de ser de máxima qualidade. Neste contexto, as TI desempenham um papel muito importante como facilitadores do negócio para o sucesso das organizações. Com a nova plataforma, a TAP tem todas as condições para melhorar os seus processos, reforçar a sua relação com as companhias aéreas e os seus parceiros e disponibilizar um serviço de qualidade aos nossos clientes num contexto alargado da aliança, e ao longo da cadeia de valor”, disse Manoel Torres, Administrador Executivo da TAP.

“A Amadeus investiu três mil homens/ano no desenvolvimento de uma plataforma de nova geração destinada à gestão de clientes de companhias aéreas e nos próximos anos vai investir ainda mais, com vista a continuar a manter este elevado padrão e a expandir-se”, disse Hans Jorgensen, Vice-Presidente Strategic Airline & Partner Programmes da Amadeus. “Com a recente migração do inventário da primeira companhia aérea para a CITP ultrapassamos um marco decisivo no caminho para a implementação total do projeto”.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP