Turbina de DC-10 da Arrow Air Cargo cai em casas na cidade de Manaus

288

O avião decolou do aeroporto Eduardo Gomes à 1h46min, com destino a Bogotá, e pousou com segurança no aeroporto Jose Maria Cordova, na região metropolitana de Medellín, na Colômbia. Havia quatro tripulantes a bordo, e a aeronave estava com autorização para fazer um voo sem carga e sem fins comerciais.

Após a decolagem, o comandante da aeronave não reportou problema algum aos Órgãos de Controle de Tráfego Aéreo, mas os bombeiros do aeroporto informaram aos operadores da Torre de Controle terem ouvido um estrondo durante a decolagem. A torre questionou o piloto, que negou qualquer anormalidade. Ao tomar conhecimento da queda de peças do avião, o Centro de Controle de Aérea (ACC), do CINDACTA 4, também entrou em contato com o piloto, que então informou um problema em uma das turbinas e decidiu continuar o voo.

No caso de aeronave estrangeira, a investigação do incidente cabe ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). O Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (SERIPA VII), situado em Manaus, começou nesta madrugada a ação inicial, fazendo a coleta de dados preliminares. Até o momento, já foram encontrados o difusor do escapamento do motor, a parte final do escapamento e pequenos componentes internos do motor. A investigação realizada pelo CENIPA tem por objetivo a prevenção de futuras ocorrências por meio da expedição de recomendações de segurança operacional de interesse de diversos setores da comunidade aeronáutica.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade