UPS patrocinará jogos olímpicos de Pequim em 2008

119

A UPS anuncia que foi escolhida para ser a patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, na área de logística e entregas expressas. O acordo foi assinado recentemente em Pequim, em cerimônia realizada pelo Comitê Organizador da 29ª edição dos Jogos Olímpicos (BOCOG – The Beijing Organizing Committee for the Games of the XXIX Olympiad).

Sob o acordo, a UPS irá fornecer consultoria e gerenciamento logístico ao BOCOG, além de ajudar a entidade a desenvolver e executar o plano operacional logístico para os Jogos Olímpicos de Pequim. A UPS também fornecerá serviços de entregas expressas para as sedes dos jogos durante o evento.

O acordo com o BOCOG vale para os Jogos Olímpicos, para as Para-Olimpíadas de 2008, para o Comitê Olímpico Chinês e para os times olímpicos chineses que irão competir na Olimpíada de Inverno de 2006 e Jogos Olímpicos de 2008.

“Pretendemos operar como a principal empresa de entregas de pacotes e de logística na China”, destaca David Abney, presidente de Operações Internacionais da UPS. “Esse patrocínio é outro importante passo no fortalecimento da presença da nossa marca em um dos mercados que mais crescem no mundo.”

“Pelo rápido crescimento e expansão contínua do mercado esportivo chinês, acreditamos que o patrocínio da UPS para os Jogos Olímpicos de Pequim permitirá contribuições ainda maiores para o Movimento Olímpico e para o esporte chinês. A parceria também criará maior espaço para o desenvolvimento da UPS no mercado da China”, diz Wang Wei, vice-presidente executivo e secretário-geral da BOCOG.

A UPS foi patrocinadora global dos Jogos Olímpicos de 1995 a 2000. David Abney lembra que o patrocínio representou, durante esse período, um papel crucial no apoio à rápida expansão da companhia ao redor do mundo.

A UPS iniciou sua operação na China em 1988 e tem investido fortemente no crescimento de seus negócios no país e na região. Em 2001, a UPS tornou-se a primeira empresa de entregas a operar vôos diretos dos Estados Unidos para a China. No início deste ano, a empresa se tornou a primeira companhia de entregas globais a ter controle direto de suas operações nos principais centros metropolitanos da China. No mês passado, a UPS anunciou planos para iniciar o serviço expresso aéreo doméstico em 2005, bem como um acordo para construção do seu principal terminal, em Xangai, até 2007.

Além disso, a UPS Supply Chain Solutions, braço logístico da empresa, abriu três novos depósitos de armazenamento e centros de distribuição de carga em Xangai, Suzhou e Futian e está planejando abrir outras 20 instalações nas principais cidades nos próximos dois anos. UPS Supply Chain Solutions já está operando mais de 40 centros logísticos na China.

A UPS continua em franca ascensão de seus negócios na China. Por exemplo, no segundo trimestre fiscal terminado em 30 de junho de 2005, a UPS dobrou o volume de exportação que chega e que sai da China.

FONTE: Aviação Brasil / UPS – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP