VRG reestrutura suas operações internacionais

105

A VRG Linhas Aéreas S.A. anunciou hoje uma reestruturação em sua malha internacional com o objetivo de adequar-se melhor às condições de mercado, aumentando sua presença nos mercados doméstico e América do Sul, concentrando esforços em segmentos onde possui vantagens competitivas.

A constatação de que uma adequação é necessária foi fundamental no reposicionamento da VRG, que, antes de tudo, busca, com discernimento, maturidade e certidão, a sustentabilidade. Os custos operacionais no mercado internacional, que é altamente competitivo, têm aumentado substancialmente com os constantes aumentos no preço do barril de petróleo, que atingiu novo recorde – chegando a ser negociado a US$ 112. O custo com combustível tem sido impactado pelos preços da WTI e do Golfo do México, que aumentaram em média 68% e 61%, respectivamente, comparando o 1T08 com o 1T07. Atualmente, cerca de 40% do custo operacional da Empresa é o combustível. A VRG mantém firme sua renovação de frota. Até o final de 2008, toda a sua frota será composta por aeronaves Boeing 737 Next Generation, atingindo o total de 29 aeronaves. Estes aviões têm menor custo operacional e maior eficiência no consumo de combustível, além de aumentar a produtividade.

A VRG está implementando medidas que agregam competitividade ao negócio e benefícios aos clientes. Para os clientes, isso também significa mais conforto. Os Boeing 737 da VRG foram configurados com o maior espaçamento entre poltronas do mercado doméstico brasileiro. Diferenciais como este, além de serviço de bordo adequado ao tempo de duração dos vôos, Salas VIP nos aeroportos de Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro (Galeão) e São Paulo (Guarulhos), e o SMILES, o maior programa de milhagem da América Latina, formam um produto único na aviação comercial brasileira. “Essas medidas e mudanças operacionais vão melhorar o desempenho da Empresa, fundamental para a evolução dos negócios”, afirma Constantino de Oliveira Júnior, presidente da GOL Linhas Aéreas Inteligentes. “Nosso time está dedicado para oferecer os melhores serviços de transporte aéreo no mercado”.

A expectativa é manter a política de expansão nos mercados domésticos e na América do Sul, mantendo uma estrutura de custos enxuta, com potenciais ganhos de receita. Um passo importante foi dado em março, com a implementação da nova malha aérea doméstica da VRG. As alterações, concebidas para ampliar a presença da Empresa em mercados de alto tráfego de negócios, melhoraram a conectividade e a distribuição em diversos destinos nacionais. Com as alterações na malha internacional, a VRG continuará atendendo a América do Sul, com vôos diários para Bogotá, Buenos Aires, Caracas e Santiago. A Companhia também ressalta que manterá o quadro de funcionários da VRG e que mantém o compromisso assumido de dar prioridade aos ex-funcionários da VARIG antiga nos processos de seleção para novas contratações. Eles serão recrutados à medida que se consolidarem e expandirem as operações. A Empresa acredita que os investimentos atuais e futuros irão trazer sustentabilidade e rentabilidade.

Os recursos já estão sendo alocados em áreas como tecnologia da informação, serviços diferenciados aos passageiros e ampliação da malha aérea por meio de acordos operacionais com outras companhias. A VARIG tem a intenção de manter os acordos de interline vigentes, especialmente com as congêneres que voam para o Brasil. Desta forma, a partir do dia 11 de maio, estará suspensa a rota para Cidade do México, dia 12 de maio a de Madri e, em 9 de junho, serão encerradas as operações em Paris. Esta decisão estratégica foi tomada com base em uma análise cuidadosa de fatores externos e atributos competitivos do serviço oferecido pela Varig que estão afetando negativamente a consolidação da Empresa nos mercados em questão. A VRG se compromete desde já em prestar total amparo aos clientes que já compraram passagens para os destinos suspensos, com viagens de ida ou volta agendadas a partir das datas divulgadas. Transparente, manterá um canal aberto de comunicação para solucionar quaisquer dúvidas.

No site da Empresa, www.varig.com.br, serão disponibilizadas informações detalhadas sobre reacomodação. A VRG também disponibilizará um atendimento específico para atender seus clientes: 0800-7287787. O atendimento estará disponível 24 horas por dia, durante os sete dias da semana. Aqueles que preferirem reembolso podem solicitá-lo junto aos seus agentes de viagem. Clientes com passagens adquiridas diretamente na VRG podem pedir reembolso pelo e-mail: reembolso.central@varig.com. Por fim, a Companhia reitera que a aquisição da VRG possibilitou ao grupo ampliar sua capacidade de transportar cada vez mais passageiros, além de alcançar novas rotas e destinos. Também permitiu que as operações da marca VARIG fossem mantidas sob administração e controle brasileiros, focados em objetivos estratégicos e com perspectivas de crescimento, de geração de empregos, mantendo as funções sociais da Empresa, sua competitividade e uma bandeira forte no Brasil e exterior.

“O fato de a aquisição da VRG ter ocorrido em um ano atípico para o setor mostra o quanto estamos dispostos e preparados para gerenciar adversidades, sem permitir que ocorrências pontuais abalem nosso plano estratégico de crescimento de longo prazo”, conclui Júnior.

FONTE: Aviação Brasil – Assessoria de Imprensa – São Paulo/SP

Publicidade