Varig aguarda autorização da Anac para incorporar aeronaves à frota

51

O presidente do Conselho de Administração da VarigLog, Marco Antonio Audi, disse nesta quarta-feira que aguarda a autorização de funcionamento jurídico da Agência Nacional de Aviação Civil para concluir o processo de compra de 14 aeronaves Boeing 737 que estão paradas à espera do documento.

Segundo ele, até esta quinta-feira, deverá haver a liberação deste documento pela Anac e as aeronaves serão integradas à fronta da empresa.

No entanto, os aviões só poderão começar a voar depois que a autarquia conceder à aérea o Certificado de Homologação de Empresas de Transporte Aéreo (CHETA). Assim que a autorização sair, disse, serão gerados 3 mil novos empregos na companhia. Ele também afirmou que correrá contra o tempo para não perder todas as rotas da empresa que podem ser distribuídas pela Anac às concorrentes;

– Os aviões estão comprados, mas há condição suspensiva determinando que o pagamento só pode ser feito até a homologação.

Audi participa da CPI da Varig na Alerj. O executivo respondeu perguntas do presidente da CPI, deputado Paulo Ramos, do (PDT/RJ) a respeito da participação de sua empresa no leilão da companhia e da sua relação com o fundo americano Matel Patterson. Ele também detalhou o planejameto financeiro para a nova empresa.

A CPI vai convocar aagora o gestor judicial da Varig, Miguel Daum,e o seu ex-presidente MarcelO Botini.

FONTE: Agência O Globo – Érica Ribeiro – São Paulo/SP