Foto: Enos Moura Filho

A Azul anunciou hoje que um de seus atuais acionistas, a companhia aérea americana United Airlines, concluiu uma transação privada de ações preferenciais com a Hainan Airlines, aumentando sua participação econômica na Azul de 3,7% para 8%.

“Estamos muito entusiasmados com o anúncio de hoje, que é reflexo de nossa constante busca por novas maneiras de conectar nossos Clientes na América do Sul e pela grande parceria com a Azul”, diz Andrew Levy, vice-presidente e CFO da United Airlines. “Após nosso investimento inicial em 2015, o número de clientes conectando com as duas empresas nunca esteve tão alto, beneficiando significativamente quem viaja entre os EUA e o Brasil. A forte rede da Azul no país, além de seu modelo de negócios exclusivo e o excepcional atendimento, nos dão muitas oportunidades na América do Sul nos próximos anos”, conclui Levy.

“Hoje damos mais um importante passo em nossa parceria com a United Airlines”, afirma John Rodgerson, presidente da Azul. “Nossos Clientes estão se beneficiando com as malhas aéreas das duas companhias, que se estendem por toda América do Norte com a United e no Brasil com a Azul. Esse investimento reforça nossa estratégia, nosso plano de negócios, nossas oportunidades de crescimento e nossos 11.000 tripulantes, que cuidam de nossos clientes todos os dias”, completa Rodgerson.